Palestras “Não há saúde sem saúde mental” da AISMA em Castro Marim

A Associação de Intervenção na Saúde Mental do Algarve (AISMA) deu início ao ciclo de palestras “Não há saúde sem saúde mental” no passado dia 04 de março.

O encontro decorreu em Castro Marim, na Junta de Agricultores da Junqueira, com o apoio da Junta de Freguesia de Castro Martim, e teve como oradores o psicólogo clínico Victor Hugo Palma e a enfermeira Célia Brito.

Pub

“O estigma dirigido ao doente mental pode ter origem num conjunto de falsas crenças, no medo do desconhecido, na falta de informação e esclarecimento das diversas psicopatologias (...) por isso estamos aqui”, afirmou Victor Hugo Palma durante o encontro.

Aquele especialista defendeu que “as pessoas devem ser tratadas como seres humanos e não como a doença da qual são portadoras e pelo estigma a ela associado”.

A AISMA pretende ser uma referência na saúde mental do Algarve e tem por objetivos principais a reabilitação psicossocial da pessoa com experiência de doença mental severa e a sua reintegração na comunidade, o apoio ao cuidador informal/família e o combate ao estigma.

Este ciclo de palestras foi lançado com o objetivo de ajudar a combater o estigma, desconstruir estereótipos e preconceitos através da informação e do esclarecimento da comunidade sobre as doenças mentais e o facto das mesmas poderem afetar qualquer pessoa, em qualquer momento da sua vida, independentemente da sua idade, género, habilitações literárias ou profissão.

Pub

Mostrar que as doenças mentais podem ser tratadas e que a maior parte dos doentes recupera a sua condição anterior é outro dos objetivos deste ciclo de palestras, refere a organização em comunicado.

“A pessoa com doença mental não representa, pelo facto de ser portadora desta condição, um perigo acrescido para a família ou comunidade onde está inserida, não é mais violenta, preguiçosa, instável ou menos inteligente, e, assim sendo, deve ser tratada de forma adequada e incluída na mesma”, sublinhou a AISMA.

Pub
Mais em Saúde
No final de junho vamos ter novidades sobre a imunidade contra a covid-19 – CNN

Trinta e seis hospitais públicos e 16 laboratórios privados participam na quarta fase do inquérito serológico nacional, que vai permitir

Covid-19: Governo prolonga situação de alerta até 30 de junho mas regras mantêm-se

Em reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, o Governo decidiu prolongar a situação de alerta inerente à Covid-19 até ao final do

Varíola dos macacos alastra pelo mundo (vídeo)

A varíola dos macacos espalha-se pelo mundo. Há já mais de 230 casos confirmados em 19 países,…

CHUA promove Jornadas de Medicina Física e de Reabilitação

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) organiza no próximo dia 7 de junho as…