A conferência intitulada “aprender em comunidade de aprendizagem” tem início às 21:00 é de entrada livre

José Pacheco em Loulé para falar de comunidade de aprendizagem

O especialista em música e alfabetização, José Pacheco é o próximo convidado do Ciclo “Horizontes do Futuro” marcado para 20 de março no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé.

A conferência intitulada “aprender em comunidade de aprendizagem” tem início às 21:00 e tem entrada livre.

Pub

José Pacheco é mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação pela Universidade do Porto, foi fundador da "Escola da Ponte", em Portugal, referência mundial de sucesso em inovação pedagógica, o que lhe deu o título de Notório Especialista.

“Urge humanizar a educação, conceber novas construções sociais de aprendizagem, nas quais se concretize educação integral. Urge constituir redes de aprendizagem, que promovam desenvolvimento humano sustentável. (…) Se a modernidade tende a remeter-nos para uma ética individualista, nunca será demais falar de convivência, diálogo e participação, enquanto condições de aprendizagem. Será oportuno falar de comunidades de aprendizagem”, defende José Pacheco.

O conferencista vai coordenar a formação contínua de professores “Escolas em transição – reconfigurar as práticas escolares, que vai decorrer durante o dia na sala da Assembleia Municipal.

José Pacheco foi membro do Conselho Nacional de Educação de Portugal, coordenador do "Educação para Todos” projeto de 2001/2004, desenvolvido pelo Instituto Paulo Freire assim como do projeto "Fazer a Ponte", realizado na “Escola de Ponte” de 1976/2004, projeto que o levou a ganhar vários prémios.

Pub

Em 2007, adotou o Brasil como Mátria. Desde então tem dado a volta ao país, mobilizando professores, educadores, estudantes, crianças, jovens e entusiastas da educação que acreditam na transformação democrática por meio da educação, da integração comunitária e das artes. É indutor de mais de 100 projetos para uma nova Educação no Brasil, e colaborador voluntário no Projeto Âncora, uma ONG em Cotia, São Paulo, que segue o mesmo modelo de ensino da “Escola da Ponte”.

Foi investigador do IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, no Projeto Brasília 2060 – Plano Estratégico para a uma Cidade Sustentável, onde desenvolveu pesquisa na área da Educação. No Ministério da Educação integrou o Grupo de Trabalho de Inovação e Criatividade da Educação Básica. É diretor pedagógico da EcoHabitare Consultoria e Projetos Ltda., empresa social que promove iniciativas com foco na criação de comunidades sustentáveis a partir de comunidades de aprendizagem. Participa na Rede de Inovação e Criatividade da Educação do Sesc Nacional atuando nos grupos de trabalho de Formação e Avaliação. É autor de inúmeros livros e artigos sobre educação e um grande dinamizador da gestão democrática.

Pub
Mais em Sociedade
Bordeira
Aljezur: Austríaco morre e compatriota está desaparecido na praia da Bordeira

Um homem de nacionalidade austríaca morreu hoje, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória, na praia da Bordeira, no concelho de

Rally de Portugal começou em Coimbra com 22 mil a assistir e Neuville a liderar

Fantástica estreia da Super Especial de Coimbra no Vodafone Rally de Portugal, com uma multidão a vibrar com o espetáculo proporcionado pelos

Vinhos
Vinhos do Alentejo apresentam programa de produção sustentável no Reino Unido

Dar a conhecer o selo de produção sustentável, inédito em Portugal, dos vinhos do Alentejo é o objetivo da iniciativa da Comissão Vitivinícol

Janelas
Casa do Povo convida olhanenses a enfeitarem portas e janelas

A Casa do Povo do Concelho de Olhão convidou os olhanenses a participarem no evento «Janelas e Portas Floridas», enfeitando as suas casas