Infraquinta planta oliveiras no Dia das Florestas

O Dia Internacional das Florestas foi hoje assinalado na Quinta do Lago, concelho de Loulé, com a plantação de três oliveiras na avenida principal.Uma iniciativa promovida pela empresa de manutenção da qualidade do espaço da Quinta do Lago, Infraquinta, e que envolveu elementos dos departamentos de manutenção, financeiro, ambiente e qualidade e jardinagem.

“O objetivo é celebrar este dia especial e que cada departamento da empresa também faça um pouco a sua parte e tenha oportunidade de plantar hoje”, explicou ao Região Sul/Diário Online, o presidente do conselho de administração, Miguel Piedade.

Pub

A escolha de oliveiras faz parte da abordagem que aquela empresa municipal tem vindo a aplicar nos espaços que gere e que passa por privilegiar cada vez mais as árvores e plantas autóctones como é o caso das laranjeiras, romãzeiras, oliveiras e das amendoeiras.

“É sempre melhor para quem vem de fora ver árvores da região”, observou o diretor do departamento de paisagismo e jardinagem da Infraquinta, Claúdio Lampreia.

Esta política tem ainda como objetivo a redução da manutenção e do consumo de água e Cláudio Lampreia explicou que as árvores autóctones se mostram mais resistentes a pragas e doenças e consomem menos água.

Aquele responsável contou que sempre que uma palmeira morre é substituída por uma árvore autóctone.

Pub

A plantação decorreu na avenida Jordan, entre a quinta e a sexta rotunda, numa área que está a ser requalificada.

 

Pub
Mais em Ambiente
Sistema de recolha de biorresíduos no concelho de Lagos

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na sua última reunião, o Estudo para o Desenvolvimento…

Escola Padre Cabanita instala sistema de tratamento de águas para rega

No âmbito de uma candidatura à primeira edição do concurso “Eficiência Hídrica na Escola”, foi…

“Caminhada no Algarvensis” celebra Semana Europeia de Geoparques

Albufeira, no âmbito da Semana Europeia de Geoparques, que decorre de 21 de maio a…

Culatra
Protótipo de dessalinização não intrusiva para a Ilha da Culatra vence concurso

O projeto «Culatra2030 – Non intrusive water desalination», coordenado por investigadores do Centro de Investigação Marinha e Ambiental