Encontro Nacional “O Desafio do Clima” marcado para Loulé

O encontro nacional “O Desafio do Clima” vai realizar-se na Escola Secundária de Loulé a 07 de abril, anunciou a Câmara Municipal de Loulé. Um encontro que tem como objetivo debater e promover a reflexão em torno da adaptação às alterações climáticas na escala local.

A iniciativa, organizada no âmbito dos encontros do grupo de trabalho “Cidades Inclusivas” da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, é realizada em conformidade com a visão estratégica da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Loulé (EMAAC), procurando mobilizar todos os agentes para a mudança e difundir o processo estratégico desenvolvido.

Pub

O programa arranca às 09:30, com uma apresentação moderada pelo coordenador da revista Smart Cities, Vítor Pereira, e com intervenções de abertura pelo presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, da vereadora Ana Machado e de um representante do município de Almada.

“Alterações Climáticas – Uma realidade eminente” é o tema em foco a partir das 10:00. A docente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Luísa Schmidt, foi convidada para falar sobre a adaptação às alterações climáticas enquanto processo de aprendizagem social, enquanto Tiago Capela Lourenço, da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Lisboa, vai falar sobre os impactos e a adaptação às alterações climáticas.

O desenvolvimento e a implementação Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Loulé vai ser apresentada neste encontro em que Catarina Freitas, da Câmara Municipal de Almada, vai fazer uma intervenção sobre o tema: “O nosso clima está a mudar! Promover a resiliência local através da literacia climática”. A presidente da Inframoura, Fátima Catarina, foi convidada para falar sobre o caso de Vilamoura enquanto território de adaptação local.

Para a parte da tarde foi preparada uma visita pedonal  de 2,5 quilómetros pelo passeio das Dunas

Pub

Eficiência energética, ordenamento e planeamento do território, reforço e adaptação dos espaços verdes ou mobilidade sustentável são algumas das boas práticas a abordar, de acordo com a Câmara de Loulé. Os trabalhos deste encontro terminam pelas 16:45.

O executivo municipal louletano definiu as alterações climáticas como um eixo prioritário para o desenvolvimento das suas políticas, tendo elaborado, no âmbito do projeto ClimAdapt.Local, a sua EMAAC, aprovada em Junho de 2016, e que agora se encontra em fase de implementação.

A EMAAC de Loulé pretende promover, em todo o território municipal, uma resposta coerente às múltiplas problemáticas relacionadas com a adaptação às alterações climáticas, através da implementação, a médio-longo prazo, de um conjunto integrado de 28 Opções de Adaptação.

Pub
Mais em Ambiente
Portimão
Declaração de compromisso sobre alterações climáticas vai ser assinada em Portimão

A Águas do Algarve vai assinar em Portimão, na próxima semana, em conjunto com outros municípios e entidades gestoras do setor, a

Infraquinta implementa e certifica Sistema de Gestão de Energia

Durante a manhã de hoje, dia 25 de maio de 2022, e no âmbito do…

Sistema de recolha de biorresíduos no concelho de Lagos

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na sua última reunião, o Estudo para o Desenvolvimento…

Escola Padre Cabanita instala sistema de tratamento de águas para rega

No âmbito de uma candidatura à primeira edição do concurso “Eficiência Hídrica na Escola”, foi…