Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Silves com nova unidade de saúde móvel

A Câmara Municipal de Silves anunciou hoje a aquisição de uma unidade de saúde móvel de proximidade para o concelho.

A aquisição de uma candidatura conjunta com a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, I. P. ao Programa Operacional CRESC Algarve 2020, num custo total elegível de 100.000 euros (80.000 euros de apoio da União Europeia e 20.000 euros de apoio financeiro nacional).

“Este investimento integra uma candidatura entre sete municípios do Algarve e a ARS visando reforçar a rede de infraestruturas sociais e de saúde em municípios com territórios rurais e de baixa densidade”, explica a autarquia, em comunicado.

Cada uma das unidades possibilitará a prestação de cuidados de saúde primários programados a públicos específicos, como é o caso de idosos ou de populações rurais, e vai permitir reduzir as desigualdades e promover a inclusão.

“As unidades móveis estarão equipadas para realização de atos de diagnóstico e vigilância, podendo ser utilizadas por médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde dos cuidados de saúde primários do Serviço Nacional de Saúde, para complementar a oferta das unidades funcionais dos Agrupamentos de Centros de Saúde do Algarve (Barlavento, Central e Sotavento), contando ainda com o apoio de outros profissionais, assegurados pelas respetivas câmaras municipais”, lê-se no comunicado.

Cada unidade de saúde móvel é propriedade da respetiva autarquia que assume também a responsabilidade do condutor de cada unidade. A ARS Algarve vai ficar responsável por assegurar os profissionais de saúde e materiais de consumo clínico.

“Numa segunda fase serão beneficiários mais três municípios, passando o Algarve a dispor de 10 unidades de saúde móveis de proximidade para prestação de cuidados de saúde de proximidade a populações residentes em territórios rurais e de baixa densidade dos concelhos de Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Loulé, Monchique, Portimão, São Brás de Alportel, Silves e Tavira, num investimento total de um milhão de euros (apoiado em 800 mil euros pelo FEDER). O investimento será realizado em 2017 e 2018, conjuntamente para as duas fases, contando ainda com o apoio da Comunidade Intermunicipal do Algarve.

Exit mobile version