Jornal diariOnline Região Sul

Crianças de Loulé e São Brás de Alportel com acesso a melhor saúde visual

Vítor Aleixo, Paulo Morgado e Vítor Guerreiro na assinatura do protocolo

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve vai promover um Rastreio de Acuidade Visual Infantil, em parceria com as Câmaras Municipais de Loulé e São Brás de Alportel, no âmbito de um protocolo de cooperação para a promoção da saúde visual na infância.

O acordo, celebrado ontem, segunda-feira, 3 de abril, entre as três entidades, engloba as crianças integradas no ensino pré-escolar e 1.º ciclo do concelho de São Brás de Alportel e do pré-escolar da rede pública e solidária do concelho de Loulé, assim como os jovens até ao ensino secundário com situações detetadas ou sinalizadas pelos professores.

O rastreio é gratuito e vai ser efetuado pelas Unidades de Cuidados na Comunidade Al-Portellus e Gentes de Loulé com as Equipas de Saúde Escolar e em colaboração com as equipas de Saúde Infantil das unidades funcionais dos respetivos concelhos.

O objetivo passa por “prevenir e identificar precocemente potenciais alterações oftalmológicas nas crianças”, refere a ARS, em comunicado.

Após a deteção precoce, as crianças, em caso de necessidade, serão atempadamente referenciadas para a consulta de oftalmologia da unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve para confirmação do diagnóstico e o respetivo tratamento.

A cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação entre o presidente do conselho diretivo da ARS/Algarve, Paulo Morgado, e os presidentes das Câmaras Municipais de Loulé, Vítor Aleixo, e de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, foi realizado na segunda-feira, dia 3 de abril de 2017, na sede da ARS/Algarve, estando previsto o início do rastreio no decorrer do mês de maio.

Paulo Morgado destacou que a parceria com as duas autarquias é “um excelente exemplo” do novo ciclo que o conselho diretivo está a iniciar, visando “maior abertura à comunidade e de diálogo com as entidades locais e regionais” para serem encontradas soluções em prol do bem-estar da população.

O responsável salientou a importância do reforço da articulação e das sinergias entre as autarquias e a ARS/Algarve para, em conjunto, “ir ao encontro das necessidades identificadas, melhorar os cuidados de saúde prestados às populações e contribuir para reforçar a confiança nos nossos serviços públicos de saúde no Algarve”.

No mesmo sentido, os presidentes da Câmara de Loulé e São Brás de Alportel sublinharam a importância desta colaboração para a promoção da saúde dos mais jovens e manifestaram a sua disponibilidade para reforçarem a parceria noutros projetos que visem contribuir para a melhoria da vida de todos os munícipes.

No âmbito deste protocolo de cooperação as autarquias vão proceder à aquisição dos equipamentos necessários à realização do rastreio, disponibilizando-os às equipas de saúde escolar das UCC do respetivo concelho, à contratação de prestação de serviço de médico oftalmologista para, em caso de necessidade, fazer o eventual acompanhamento das situações identificadas, assim como, informar e articular com os agrupamentos de escolas do concelho com vista à participação das crianças no rastreio.

As equipas de saúde escolar das UCC, após articulação com a direção dos agrupamentos de escolas envolvidas, vão efetuar o rastreio em contexto escolar e, encaminhar para o médico de família, através do encarregado de educação, as crianças com rastreio positivo e necessidade de consulta de especialidade para posterior referenciação para o Centro Hospitalar do Algarve.

Comentários

comentários