Jornal diariOnline Região Sul

Proteção Civil de Loulé sensibiliza população sobre prevenção e proteção contra incêndios

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Loulé empenhou-se durante o mês de março na divulgação de informação de defesa da floresta contra incêndios nas zonas rurais e florestais do concelho.

Ao Região Sul/Diário Online, o coordenador do Serviço de Proteção Civil de Loulé, João Matos Lima, explicou que estas ações anuais se concentram no mês de março para dar tempo para que os munícipes possam fazer as limpezas necessárias nos seus terrenos dentro do prazo legal, ou seja, 15 de abril.

Os técnicos do serviço municipal de Proteção Civil distribuirão folhetos e painéis informativos, com medidas preventivas e de autoproteção em habitações, pelas juntas de freguesia, nos lares e centros de dia e espaços comerciais.

“Uma comunidade informada é uma comunidade preparada” refere a autarquia que espera com estas ações dar ferramentas aos munícipes para protegerem o seu património e a sua segurança pessoal e familiar em caso de um incêndio.

João Matos Lima explicou ainda que a partir de 01 de julho, com o arranque da fase de risco de incêndios florestais mais crítica, designada por “Charlie”, o concelho terá no terreno várias equipas de jovens vigilantes voluntários e militares do exército.

A fase Charlie está em curso até 30 de setembro.

O concelho de Loulé tem 763,67 km², 40% dos quais ocupados pelas classes de perigo de incêndio florestal muito elevada e cerca de 51,3% da sua superfície está classificada como área protegida, englobando uma grande diversidade de habitats, ricos em fauna e flora, património geológico e outros recursos que urge proteger da ameaça dos incêndios florestais, descreve a Câmara Municipal, em comunicado.

Comentários

comentários