PS/Faro diz que munícipes merecem “agradecimento público” pelo contributo na recuperação financeira da autarquia

O PS/Faro realçou hoje que os munícipes farenses merecem “um agradecimento público” pelo seu contributo na recuperação da “conjuntural” difícil situação financeira do município, que esta semana amortizou o empréstimo no âmbito do Plano de Reequilíbrio Financeiro.

“Foram sete anos a pagar taxas e impostos no máximo legal. Destaque-se que só no período de 2014 a 2017, o acréscimo consolidado de receita em impostos é de 21,3 milhões de euros”, sublinhou o PS/Faro, em comunicado.

Pub

Recorde-se, a Câmara Municipal de Faro transferiu, na segunda-feira, 4,94 milhões de euros para a entidade bancária detentora do crédito, amortizando totalmente o empréstimo contraído no âmbito do Plano de Reequilíbrio Financeiro (PRF) e abrindo caminho para investimento em várias obras.

Os socialistas garantem que, ao longo dos últimos quatros anos, “contribuíram ativamente na elaboração e negociação das propostas de orçamento da Câmara Municipal de Faro”, e que os planos e orçamentos foram sempre aprovados após a intervenção e propostas dos eleitos pelo PS e também da CDU.

“A coligação de direita da Câmara nunca teve qualquer bloqueio, nem no Executivo, nem na Assembleia”, lembrou o PS/Faro.

A estrutura socialista sustenta que a melhoria da situação financeira geral das autarquias em Portugal se “reflete” também em Faro, recordando que “o resgate antecipado do PAEL foi uma proposta do PS à qual o PSD / CDS se opuseram, até com critica pública”.

Pub

“Lamentando que os esforços dos munícipes farenses não sejam valorizados pela coligação de direita, sempre se regista que o muito dinheiro de que a camara agora despõe, depois de sete anos a cobrar impostos e taxas máximas, seja utilizado para publicações patrocinadas nas redes sociais e produção de dezenas de milhares de boletins municipais com propaganda política”, concluiu o PS/Faro.

Pub
Mais em Sociedade
PCP assinala no Algarve centenário de José Saramago

O PCP vai promover, durante o ano de 2022, no Algarve, diversas iniciativas inseridas no âmbito das comemorações do centenário do nascimento

A DECO INFORMA; “Crédito de baixo consumo e riscos para o orçamento familiar”

O crédito ao consumo continua a ser um produto muito importante para os consumidores, para permitir efetuar uma compra ou até pagar uma

GNR apreende mais de uma tonelada de sardinhas em Portimão

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Portimão, apreendeu ontem, quinta-feira,

Autarquia volta a promover iniciativa “Faro Jovem”

Após interregno desde 2016, mostra associativa do concelho assinala este ano a sexta edição com…