Primeiro hospital português com certificação europeia “Legionella Safe Building”

A primeira instituição de saúde em Portugal a receber a certificação europeia “Legionella Safe Building”, depois de uma rigorosa avaliação que o classifica como um edifício com baixo risco de legionelose e o considera uma “instalação segura” é o Hospital São Gonçalo de Lagos.

Conduzida pela Arteste, esta atribuição foi atribuída após uma avaliação de risco aos sistemas de água, desenvolvida no âmbito do quadro científico existente, nomeadamente pela norma BSR/ASHRAE Standard 188P e BS 8580:2010, tem além disso, sido feitas análises para a pesquisa de legionella em pontos considerados críticos e representativos da instalação.

Pub

Saliente-se que por fim, a atribuição deste certificado garante que todos os utentes usufruem de instalações seguras com a implementação das melhores práticas e metodologias regulamentares existentes na área de Manutenção de Instalações Técnicas.

Importa dizer que existem cerca de 50 espécies de legionella, sendo a legionella pneumophila a mais patogénica e a responsável pela maioria dos casos clínicos diagnosticados., pelo que com este certificado o Hospital São Gonçalo de Lagos comprova a qualidade dos seus serviços, e a preocupação com o bem-estar dos seus utentes.

Pub
Mais em Saúde
Alvor é palco de “Caminhada Pelo Coração”

De forma a assinalar o mês de maio sob o mote “o mês do coração”, será promovida uma caminhada  em Alvor, uma das freguesias da cidade.

Europa continua em alerta vermelho no mapa europeu das infeções de Covid-19

Portugal, França e Itália mantêm o nível máximo de infeções de COVID-19. A Espanha continua…

EUA confirmam primeiro caso de varíola do macaco em 2022

Sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e…

Sobe para 14 o número de casos de varíola dos macacos no país

Há ainda outros dois casos suspeitos de Monkeypox, que se encontram sob análise.