Jornal diariOnline Região Sul

José Milhazes dá palestra a convite do Rotary Clube de Albufeira

Dando continuidade ao ciclo de palestras que o Rotary Clube de Albufeira vem realizando ao longo do ano rotário 2016-2017, a próxima é dia 1 de junho, no Hotel Paraíso, em Albufeira, com início previsto parta as 19h30, tendo convidado o Jornalista José Milhazes, para falar sobre "A Influência do Leste no Futuro da Europa".

De seu nome completo, José Manuel Milhazes Pinto nasceu na Póvoa de Varzim, a 2 de outubro de 1958, é um jornalista e historiador português, que começou os estudos secundários na Ordem Missionária dos Combonianos, mas terminou-os no Liceu Eça de Queirós da terra natal. Em 1977, partiu para a União Soviética a fim de cursar História da Rússia e assistir à “construção do comunismo”. Tendo bem mais sorte do que muitos outros estudantes portugueses que foram mandados para os “confins do Império”, pôde levar a cabo os seus estudos na Universidade Estatal de Moscovo (Lomonossov).

Formado em 1983, constituiu família e ficou a residir na URSS, dedicando-se à tradução de obras literárias (Tolstoi, Turgueniev, Erofeev), e políticas (Brejnev, Andropov, Chernenko, Gorbatchov), bem como de filmes de ficção de língua russa para português. A 8 de Agosto de 1989, escreveu a primeira crónica para a TSF e, no ano seguinte, com o lançamento do jornal "Público", torna-se seu correspondente em Moscovo.

Em 2002, começou também a colaborar com a SIC. A longa permanência na União Soviética e, depois, na Rússia, permitiu-lhe assistir e participar num dos períodos mais agitados do séc. XX: a queda da “cortina de ferro” e a formação de novos Estados no Leste da Europa. Presentemente, é correspondente da Agência Lusa, SIC e RDP em Moscovo.

O gosto pela História e a vontade de aprofundar o estudo dos “laços entre o Partido Comunista Português e o Partido Comunista da União Soviética” leva-o a realizar trabalhos de investigação nos arquivos soviéticos para o Instituto de Ciências Sociais da Universidade Clássica de Lisboa e Fundação Mário Soares.

Escreveu os livros "Angola: o princípio do fim da União Soviética" (Vega, 2009), "Samora Machel: Atentado ou Acidente?" (Aletheia, 2010), "A Saga dos Portugueses na Rússia" (Imprensa Nacional Casa da Moeda, 2011) e "O Essencial sobre o Fim do Império Soviético" (Imprensa Nacional Casa da Moeda, 2011), "Golpe "Nito Alves" e outros momentos da História de Angola vista do Kremlin" (2013), "O Favorito Português de Pedro o Grande" (2015), "Rússia e Europa: uma parte do todo" (2016), "A Mensagem de Fátima na Rússia" (2016), para além de outros que escreveu em conjunto com a mulher, Siiri Milhazes.

Actualmente, é comentador de política externa da SIC e da RDP, colunista no jornal Observador, Comendador da Ordem da Terra de Santa Maria (Estónia) - 2006 e Comendador da Ordem de Mérito da República Portuguesa (2013).

Comentários

comentários