Abertas Candidaturas para Reforço Médico no Algarve

Encontram-se abertas as candidaturas para os médicos especialistas com disponibilidade para desempenhar funções na Região do Algarve durante o período de Verão, no âmbito do modelo excecional de mobilidade de pessoal médico, com vista a reforçar os cuidados de saúde no Algarve, até 30 de setembro de 2017.

O Ministério da Saúde pretende reforçar, durante o período estival a assistência médica da região do Algarve, sem, no entanto, comprometer o regular e normal funcionamento dos demais serviços e estabelecimentos de saúde.

Pub

O modelo de mobilidade agiliza o procedimento de colocação de médicos especialistas, em particular em situações em que se revelem indispensáveis para a adequada cobertura de cuidados, assegurar a constituição de escalas de urgência e aumentar a assistência médica, recorrendo à mobilidade, nomeadamente à mobilidade parcial prevista na lei, assegurando desta forma o número de médicos indispensáveis para a prestação de cuidados de saúde com qualidade.

A adesão a este regime, designado «Reforço à Assistência Médica no Algarve durante o período de verão» é voluntária, dependendo sempre da apresentação de candidatura por parte do médico especialista interessado, mediante preenchimento do formulário disponibilizado pela ARS Algarve.

As candidaturas dispensam o acordo do órgão ou serviço de origem, e conferem ao médico o direito ao pagamento das ajudas de custo e eventuais despesas de transporte.

Pub
Mais em Saúde
Argentina perante o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

Nenhum caso positivo confirmado da doença foi registado na América Latina até ao momento O…

Portugal é o primeiro país a sequenciar genoma do Monkeypox

Vírus está na origem de um recente surto que afeta vários países onde a infeção…

Monkeypox
Novos casos confirmados do vírus Monkeypox chegam ao Algarve

O número de casos confirmados do vírus Monkeypox subiu hoje para 37, distribuídos pelas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Norte e Algarve,

Testes rápidos voltam a ser comparticipados com receita médica – CNN

Os testes rápidos vão voltar a ser comparticipados nas farmácias com receita médica. De acordo com a portaria n.º 151-B/2022, esta medida