Jornal diariOnline Região Sul

Futebol: Algarvia Cláudia Neto recusa pressão para o Euro’2017

A futebolista algarvia Cláudia Neto, capitã da seleção portuguesa, recusou qualquer pressão sobre o grupo na antevisão da estreia em fases finais do Campeonato da Europa feminino, cuja próxima edição decorre na Holanda, entre 16 de julho e 6 de agosto.

A jogadora, natural de Lagos, foi a porta-voz das ambições lusas no Europeu na segunda-feira, garantindo, em conferência de imprensa, que a seleção portuguesa vai jogar “sem qualquer pressão” na prova.

“Vamos para lá [Holanda] sem qualquer tipo de pressão. A pressão está toda do lado das nossas adversárias. Mas vamos dar tudo em campo, tentar superar-nos, dignificar a camisola e, só assim, Portugal poderá fazer algo bom no Europeu”, frisou a médio, em declarações citadas pelo sítio online da Federação Portuguesa de Futebol.

Para a internacional portuguesa, o objetivo da seleção na prova será “dar o máximo e pensar jogo a jogo”.

Cláudia Neto, 29 anos, conta com 106 internacionalizações, sendo considerada a melhor jogadora portuguesa. Alinha no Linköpings, da principal liga feminina da Suécia.

O grupo de pré-convocadas para o Europeu integra ainda outra jogadora lacobrigense, Jamila Marreiros, guarda-redes do Futebol Benfica.

A «equipa das quinas» regressou na segunda-feira ao trabalho na Cidade do Futebol. Pela primeira vez, Francisco Neto contou com o grupo completo, devido às chegadas de Carolina Mendes, Suzane Pires e da capitã Cláudia Neto.

Na fase de grupos, Portugal defronta a Espanha, em 19 de julho, em Doetinchem, a Escócia, em 23, em Roterdão, e a Inglaterra, no dia 27, em Tilburgo.

Comentários

comentários