Jornal diariOnline Região Sul

Castro Marim: Festival Internacional do Caracol apresenta receitas inovadoras

As receitas inovadoras, nacionais e internacionais, do afamado petisco são o grande destaque do Festival Internacional do Caracol, que decorre na Colina do Revelim de Santo António, em Castro Marim, entre 21 e 23 de julho.

O evento, que traz sabores da cozinha espanhola, francesa e marroquina ao Algarve, apresenta também um rico e diversificado cartaz cultural, muita doçaria regional e uma vista privilegiada sobre o Rio Guadiana e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de St. António.

Com portas abertas a partir das 19:00 horas, no dia 21 de julho, sexta-feira, o Festival Internacional do Caracol é animado pelo grupo Al Fanfare, seguindo-se Michel Sapateado, o professor e bailarino francês, considerado por muitos como o pai do sapateado em Portugal. Pelas 21:30, sobem ao palco Os Vocalistas, mas a noite é fechada pela atuação da Banda Musical Castromarinense, pelas 22:30.

No sábado, dia 22, o festival arranca às 18:30, com a animação de rua pelos Al Fanfare. Pelas 20:30, é a vez do Duo Amar Guitarra, um projeto de João Cuña e Luís Fialho, num deslumbrante diálogo entras as suas guitarras em vários temas, originais e de outros autores, e em diversos estilos musicais.

O grande concerto da noite é de Raúl Rodriguez, produtor, compositor, cantor e guitarrista espanhol, filho da reconhecida cantora Martirio.

No último dia, 23 de julho, o festival também começa às 18:30, com animação de rua. Segue-se o grupo Al-Bashirah (Marrocos), com música árabe e oriental, composto por músicos de Marrocos e da Síria, que reúnem as diferentes escolas de música andalusí e as diferentes culturas musicais do mundo árabe.

Os Sangre Ibérico, banda portuguesa de flamenco, encerram mais uma edição do Festival Internacional do Caracol.

O evento pretende “afirmar Castro Marim como destino dos melhores caracóis do Algarve e potenciar também os produtos locais e tradicionais, bem como a cozinha e a cultura mediterrânicas”, salienta a autarquia local.

Comentários

comentários