“Contos por Cordas” na Biblioteca de Loulé

O livro “Contos por Cordas”, de Julieta Lima, é apresentado no próximo dia 27 de julho, pelas 18h30, na Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé.

Em “Contos por Cordas” estão incluídos dezassete contos de vidas de quem vive ou já não. Vidas de gente, bichos, árvores. Livro com alegrias e tristezas, contos com vida e morte com vida.

Pub

Do ponto de vista da expressão, Julieta Lima revela notável mestria no manuseio do socioleto olhanense. Contrariamente ao que por vezes acontece, o falar típico de Olhão não é aqui macaqueado com intenção anedótica, nem sequer como adorno ou ingrediente linguístico para consecução da cor local. A imbricação entre linguajar, cenários naturais, carateres das personagens e natureza das ações é tal que todos estes elementos se implicam mutuamente.

A construção dos diálogos e a sua articulação com o discurso do narrador resultam numa toada constante, sem quebras, e numa indesmentível impressão de autenticidade, potenciada pela propriedade da linguagem. O manuseio da língua não é o único aspeto a considerar num acervo de dezassete contos de temáticas variadas que não fogem, no entanto, ao enquadramento local. O que sobreleva, em quase todos eles, e confere ao conjunto grande unidade, é o gosto pela vida, mesmo se o avançar da idade possa fazer do corpo uma causa de sofrimento. Entrada livre.

Julieta Lima nasceu em Olhão, em 1949. Trabalhou em Faro e reside em Almancil, Concelho de Loulé. Tem, neste momento, quatro obras publicadas: “No Orvalho das Horas”, “Porta Sim Porta Não”, “O Conto do Vilão” e “Contos por Cordas”.

Pub
Mais em Artes & Espetáculos
Albufeira: Dia do Autor Português com “21 poetas para o sec. XXI”

É com o “Recital de Poesia XXI: 21 poetas para o século XXI” que Albufeira…

Alunos de artes expõem em Quarteira

“Identidades – exposição dos alunos de Artes Visuais do Agrupamento Drª Laura Ayres” é o…

teatromosca
Faro: teatromosca leva «Maridos» ao CAPa no final de maio

Maridos», uma criação de Pedro Alves a partir do filme homónimo de John Cassavetes, produzida pela companhia teatral teatromosca, vai passar

Nelson Conceição
Acordeonista Nelson Conceição lança livro com obra transcrita do álbum «Descobrindo-me»

O acordeonista e compositor algarvio Nelson Conceição vai lançar o livro com a obra transcrita do álbum discográfico «Descobrindo-me»,