Faro: Livro “Deficientes das Forças Armadas – A Geração da Rutura” foi apresentado

O Livro “Deficientes das Forças Armadas - A Geração da Rotura” foi apresentado no passado dia 14 de julho, na Biblioteca Municipal de Faro “António Ramos Rosa”, espaço cedido pela Câmara Municipal de Faro, numa organização da Delegação da Associação dos Deficientes das Forças Armadas (ADFA) em Faro, em que estiveram presentes cerca de 80 pessoas, entre convidados civis e militares e muitos associados da ADFA, familiares e amigos.

A mesa de honra foi constituída pelo Presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, o Presidente da Direção Nacional da ADFA, Comendador José Arruda, o Professor José Carlos Villhena Mesquita, da Universidade do Algarve, o Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Delegação de Faro (MAGD), José Manuel Furtado, e o Presidente ADFA Delegação de Faro, José Mestre.

Pub

Rogério Bacalhau iniciou a sessão com um discurso no qual mostrou todo o seu respeito, a sua sensibilidade e consideração para com os deficientes em geral e em especial para com os deficientes das Forças Armadas.

Vilhena Mesquita fez um enquadramento histórico das origens das guerras e da História de Portugal, e da própria Guerra Colonial, enquanto que José Manuel Furtado fez uma apresentação sobre a história dos deficientes militares desde os tempos mais remotos, lembrando os factos da constituição da ADFA, até aos dias de hoje.

Quanto ao Presidente da Direção Nacional, Comendador José Arruda, apresentou o Livro da ADFA.

“A Direção da Delegação de Faro da ADFA quer aproveitar a oportunidade para agradecer ao senhor Presidente da Câmara Municipal de Faro pela cedência da Biblioteca Municipal e por todo o apoio que tem dado aos deficientes das Forças Armadas”, referiu na altura o Presidente da ADFA de Faro, José Mestre, acrescentando que, “sempre que é solicitado, o Presidente Rogério Bacalhau está presente, pelo que deve servir de exemplo a todos os presidentes de Câmaras Municipais do Algarve que foram convidados, para este evento, mas que, além de não terem comparecido, alguns nem informaram sobre a sua ausência”.

Este livro trata-se de uma “obra muito importante da História recente de Portugal, que deve estar disponível em todas as bibliotecas municipais”.

Pub

A ADFA lançou o livro no dia 30 de maio, em cerimónia que contou com a presença do Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, cuja obra conta a história da ADFA e a luta dos deficientes da Guerra Colonial pelos seus direitos e o prefácio é do Professor Eduardo Lourenço.

Saliente-se que a história da ADFA confunde-se com a própria luta dos deficientes da Guerra Colonial pelo reconhecimento dos seus direitos e está ligada à explosão coletiva decorrente da queda do regime ditatorial do Estado Novo. É esse fecundo movimento, iniciado ainda antes do 25 de Abril, em ligação com o Movimento dos Capitães, que este livro procura fixar, trazendo ao conhecimento público o percurso de vida dos deficientes das Forças Armadas e a sua luta tenaz e intransigente pelo direito a uma vida digna numa sociedade democrática.

Refira-se por último que os diversos capítulos que compõem este livro abordam, entre outros, temas tão diversos e relevantes como os efeitos destruidores da Guerra Colonial; a mobilização coletiva dos deficientes das Forças Armadas para verem reconhecidos os seus direitos; a organização e implantação nacional da ADFA; as ameaças à coesão associativa e as formas como foram superadas; a ação internacional da ADFA; a luta continuada pela plena cidadania e a participação ativa na construção de uma sociedade pacífica, estável e mais justa.

Com o título "Deficientes das Forças Armadas – A Geração da Rutura", a obra tem como autor a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, como editor as Edições Parsifal, tem 1060 páginas mais 112 páginas de extratextos a cores e o seu custo é de 30,00 Euros.

Pub
Mais em Sociedade
Recorde de 214 toneladas de cocaína apreendida na Europa em 2020

Portugal foi responsável pela captura de 10 toneladas. As apreensões de cocaína na União Europeia…

Renato Pires
Renato Pires vence Campeonato Regional de Cocktails

O barman algarvio Renato Pires venceu ontem, sábado, a final do 1.º Campeonato Regional de Cocktails, realizada em Albufeira

Algarve
Pensar o Algarve 2030 ausculta populações do interior

As sessões de auscultação da população sobre «Pensar o Algarve 2030 – Estratégias para o interior», promovidas pela Associação In Loco,

Farol
Ilha do Farol é um dos “tesouros escondidos” na Europa

A Ilha do Farol, no concelho de Faro, foi nomeada para a lista de 22 “tesouros escondidos” revelada pelo site European Best Destinations