Jornal diariOnline Região Sul

Candidaturas da Odiana ao programa Interreg V-A aprovadas

Três projetos de cariz transfronteiriço sobre recursos hídricos e gestão da água, valorização do património natural, cultural e histórico, e, por último, uma estratégia turística na fronteira ibérica, candidatados pela Odiana ao programa Interreg V-A, já foram aprovados.

“Candidatados por diferentes parcerias no final de 2015, a Odiana viu recentemente aprovadas três das suas candidaturas ao antigo programa POCTEP, cuja índole transfronteiriça é o elemento mais marcante”, anunciou a associação dos municípios do Baixo Guadiana, que integra Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

Entre os projetos, constam o VALAGUA - Valorização Ambiental e Gestão Integrada de Água e dos habitats no Baixo Guadiana transfronteiriço, que pretende “melhorar a qualidade e a quantidade” de água disponível para os diversos usos e recuperar a qualidade dos «habitats» e ecossistemas associados.

O UADITURS II – Promoção do Turismo Sustentável no Baixo Guadiana, uma estratégia comum através de itinerários ambientais, culturais e históricos, enquanto recurso estratégico para o desenvolvimento turístico do território, também foi aprovado.

A parceria integra entidades com quem a Odiana já colaborou e outras com competências a nível ambiental e cultural.

Por último, também está aprovado o projeto «Destino Fronteira», que pretende criar uma estratégia de desenvolvimento turístico na fronteira ibérica que permita também reduzir os custos de contexto, diminuir as desigualdades territoriais e promover o desenvolvimento sustentável das regiões de fronteira.

Para saber mais sobre os projetos, pode consultar o sítio http://www.poctep.eu/pt-pt/2014-2020/proyectos-aprobados, contactar o endereço eletrónico odiana.comunicacao@gmail.com ou utilizar o número 281531171.

Recorde-se, os projetos já citados são uma iniciativa de cooperação entre o Algarve, Alentejo e Andaluzia, aprovados no âmbito da Primeira Convocatória do Programa Interreg V-A Espanha- Portugal 2014-2020 (POCTEP), e cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Após as aprovações, começam agora os trabalhos preliminares dos projetos que juntam portugueses e espanhóis em prol do desenvolvimento territorial e que contam com a parceria da Odiana.

Comentários

comentários