Jornal diariOnline Região Sul

Fado e concertos ao ar livre na agenda da Orquestra Clássica do Sul em agosto

Os fadistas Camané e Kátia Guerreiro vão subir ao palco com a Orquestra Clássica do Sul (OCS) no próximo mês de agosto, mas concertos ao ar livre e um palco inesperado são outros dos ingredientes selecionados para completar a agenda.

A zona ribeirinha da Fuseta volta a receber a formação completa da OCS, dirigida pelo maestro John Avery, para um concerto do ciclo «Clássicos Light», no dia 2 de agosto, a partir das 22:00 horas, com entrada livre.

No dia seguinte, 3 de agosto, às 19:00, o Mezzo Caffe, em Faro, será palco do momento «A Música e as Palavras», um concerto de música de câmara, por um quarteto de cordas. A atuação contará com a participação de Rogério Oliveira, recitante de poesia.

A programação de verão prossegue em Nisa, no tradicional «Nisa em Festa», com um concerto na companhia da fadista Kátia Guerreiro e dos solistas Carlos Alves (clarinete) e Sérgio Charrinho (trompete).

Numa aliança perfeita, a voz inconfundível da fadista portuguesa acompanhará os músicos da orquestra, dirigidos por Rui Pinheiro, maestro titular, no primeiro dia do evento, 11 de agosto, a partir das 22:00.

Novamente no Algarve, a OCS sobe ao palco na companhia do aclamado fadista Camané, para uma nova experiência que junta dois géneros musicais distintos, no Calçadão Nascente, em Quarteira. Um espetáculo com início às 22:00 e entrada gratuita.

No dia 18, sexta-feira, a zona exterior à Fundação Manuel Viegas Guerreiro, em Querença, no concelho de Loulé, vai ganhar uma nova vida com a presença da OCS. O concerto inicia-se às 22:00 e tem entrada livre. A viagem musical passa ainda pela Igreja do Carmo, em Tavira, com concerto marcado para dia 26, sábado, pelas 21:30. Ambos os concertos contam com o maestro Rui Pinheiro na direção.

O programa de «Concertos de Verão» culmina nos dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro, com atuações diárias da Orquestra Clássica do Sul, na sua composição completa ou mediante agrupamentos de câmara, no Festival F, sempre na Igreja da Sé, em Faro, às 19:00.

Comentários

comentários