Alcoutim aprova medidas de incentivo financeiro a residentes

A Câmara Municipal de Alcoutim deliberou ontem, dia 26, continuar a prescindir da coleta de 5% em sede de IRS sobre os rendimentos auferidos pelos contribuintes individuais com domicílio fiscal no município.

O executivo liderado por Osvaldo Gonçalves anunciou ainda que deliberou fixar pela taxa mínima (0,3%) o IMI a cobrar no próximo ano e a redução máxima prevista na lei da taxa do IMI de acordo com o número de dependentes.

Pub

Em relação à aplicação do coeficiente familiar, os benefícios fiscais traduzem-se numa redução da taxa de IMI a aplicar ao prédio urbano destinado à habitação própria e permanente do sujeito passivo de acordo com o número de elementos que compõem o agregado familiar, sendo de 20 euros para as famílias com um filho, 40 euros para as famílias com dois filhos e 70 euros para as famílias com três ou mais dependentes a cargo.

“Estas medidas, apesar de se traduzirem numa diminuição das receitas municipais, obrigando, portanto, a um esforço adicional da autarquia, permitem aliviar a carga fiscal dos residentes no concelho, constituindo assim um estímulo à manutenção e atração de novos residentes”, refere a autarquia alcouteneja, em comunicado.

Pub
Mais em Economia
Procura por veículos elétricos continua a crescer face ao ano passado

Com uma dinâmica de mercado de 3% em abril, verifica-se uma diminuição geral de -20% da procura e de -24% na oferta de veículos usados, face

Passagem dos ‘120 Anos de Triumph’ no Mar Shopping Algarve

A Triumph Portugal assinala a passagem do 120º aniversário da marca com uma exposição no Mar Shopping Algarve alusiva ao tema

Esperio: O banho de sangue de Wall Street pode abrir caminho para a Europa

A ameaça de um declínio perceptível nos lucros corporativos devido à escassez de dinheiro livre induzida pela inflação para os consumidores

Inflação atinge recorde de 8,1% na UE

Taxa de inflação homóloga da zona euro manteve-se estável nos 7,4% em abril, face a março, segundo informa o Eurostat.