Castro Marim homenageou acordeão

A 12.ª edição do «Palco do Acordeão», em Castro Marim, encheu a praça 1.º de Maio na passada sexta-feira, 28, juntando centenas de pessoas para uma homenagem ao acordeão, considerado elemento «sine qua non» da cultura e alma algarvias.

A Escola de Acordeão de Castro Marim, referência regional e nacional no ensino deste singular instrumento musical, fez as honras de abertura do «Palco do Acordeão», com a participação de vários alunos, com destaque para Hugo Madeira, que, em 2016, com apenas 9 anos, conquistou o 1.º lugar no Troféu Nacional de Acordeão e o 1.º lugar na categoria Trophy National Category 10 & Under, inserido no Troféu Mundial de Acordeão.

Pub

Seguiram-se nomes reconhecidos e consagrados nos palcos do acordeão, como Tino Costa, Iuri Chiforisin, Manuel Matias, Helder Barracosa, José Gabriel, Jaime Gomes, Sérgio Conceição, Valter Romeira, Pedro Constâncio, João Sabóia e Vitalino Custódio.

Homenageado foi também o trabalho de João Pereira, professor e mentor da Escola de Acordeão de Castro Marim, e o de Francisco Amaral, presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, que tem “promovido e incentivado” o acordeão, quer no apoio à Associação Mito Algarvio, sediada no concelho, quer “priorizando uma dinâmica de iniciativas e eventos com ligação ao instrumento”.

A 12.ª edição do «Palco do Acordeão» foi uma organização da Associação Mito Algarvio, do Centro de Cultura e Desporto (CCD) da Câmara Municipal e da Câmara Municipal de Castro Marim.

Pub
Mais em Artes & Espetáculos
Lagoa recebe Festas do Divino Espírito Santo

Lagoa do Algarve irá receber uma comitiva de Lagoa dos Açores, no âmbito do protoloco de geminação existente entre as duas cidades…

Banda “Os Naira” no Auditório Municipal de Albufeira

Os Naira voltam a surpreender os albufeirenses, desta vez com uma atuação aberta ao público,…

Cineteatro Louletano garante apoio para quadriénio 2022 – 2025

O Cineteatro Louletano acaba de ver garantido um apoio de 200 mil euros anuais para…

Música e literatura do Algarve nas comemorações dos 150 anos de Ernesto Korrodi

A música e literatura “made in Algarve” vão marcar presença, em Leiria, nas comemorações dos 150 anos do nascimento de Ernesto Korrodi