O coração não tira férias – pense nisto

 

OMS: O consumo abusivo de álcool provoca 3,3 milhões de mortes no mundo

É tempo de férias, de praia, de sol, de petiscos e jantaradas, amigos, festas e, é tempo de esquecer as obrigações e a rotina. Por isso, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, aproveitando esta época do ano, recorda: O coração não tira férias, beba com moderação.

As doenças cardiovasculares, as doenças do aparelho digestivo e órgãos anexos, particularmente, a doença hepática crónica e as neoplasias, as perturbações neuropsiquiátricas e os acidentes de viação, estão todos associados a um consumo excessivo das bebidas alcoólicas.

Pub

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo abusivo de álcool:

- provoca 3,3 milhões de mortes, no mundo, o que representa 5.9% da mortalidade mundial;

- está associado a mais de 200 doenças;

- aproximadamente 25% da mortalidade mundial, está associada ao consumo de álcool, nos indivíduos entre os 20 e os 39 anos e existe uma relação entre o consumo excessivo de álcool e a doença mental.

O abuso de álcool provoca várias alterações no organismo que afetam muitos órgãos, incluindo o coração: O músculo cardíaco danificado não consegue bombear sangue suficiente para o resto do corpo. Quando o ventrículo esquerdo não consegue bombear todo o sangue, o coração dilata para acolher o sangue extra. A frequência cardíaca aumenta para compensar a redução da contração cardíaca. Isso produz ainda mais pressão sobre o coração e os vasos sanguíneos. Finalmente, o músculo cardíaco pode falhar, devido aos danos e excesso de esforço.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, consumir álcool em excesso aumenta o risco de desenvolver Hipertensão Arterial, Obesidade, Colesterol e Diabetes e pode provocar doenças como o Acidente Vascular Cerebral, Insuficiência Cardíaca, Arritmias Cardíacas, Morte Súbita Cardíaca e Cardiomiopatia Dilatada Alcoólica.

Nas palavras do Prof. João Morais, Presidente da SPC, “o Verão é um bom período para iniciar práticas de exercício, comer melhor e até para deixar de fumar”. Mais acrescenta que esta é também “uma ótima altura para relembrar que o consumo de álcool, em excesso, está associado a graves doenças cardíacas, as quais podem levar à morte prematura". O Presidente da SPC aconselha: "bebam naquele jantar especial, ou naquela refeição que só nestas alturas fazemos. Evitem o consumo sistemático de álcool a todas as refeições ou mesmo todos os dias.”

Pub
Mais em Saúde
Covid-19
Covid-19: Algarve regista mais de 9.900 casos ativos e 49 internamentos

Os números de novos casos diários de coronavírus SARS-CoV-2, casos ativos e internamentos associados à Covid-19 no Algarve continuaram

Covid-19: Semana com mais mortos, mais internados e mais novos casos

Nos últimos sete dias de avaliação da evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, foram registados mais 157.502 novos casos, segundo o

INEM alerta para o esgotamento pelo calor

O esgotamento pelo calor ocorre em consequência da exposição a períodos de calor intenso, durante vários dias consecutivos, quando um

Alvor é palco de “Caminhada Pelo Coração”

De forma a assinalar o mês de maio sob o mote “o mês do coração”, será promovida uma caminhada  em Alvor, uma das freguesias da cidade.