Frota da Atlantis Cup 2017 começou a chegar ao Faial

A frota da Atlantis Cup 2017 – Regata da Autonomia, composta pelos 16 veleiros que largaram de Vila Franca do Campo para a última perna, começou a chegar à cidade da Horta (Faial).

O primeiro veleiro a cortar a linha na Horta foi o Wind I, a competir na classe ORC. O iate de Vila Franca do Campo completou a última etapa da 29ª Atlantis Cup em 26 horas, 46 minutos e 16 segundos.

Pub

Os Matrix II, também no grupo dos iates mais rápidos, foi o segundo a terminar a última perna da Atlantis Cup 2017, seguido pelo veleiro Yermad.

A perna que liga São Miguel ao Faial é a maior alguma vez realizada numa Atlantis Cup, com uma extensão de 162 milhas náuticas.

A linha instalada na cidade da Horta encerra à 01h00 de dia 6, sendo esse o limite para os últimos velejadores completarem a regata.

A Atlantis Cup – Regata da Autonomia, organizada pelo Clube Naval da Horta, tem o Alto Patrocínio da Assembleia legislativa da Região Autónoma dos Açores.

Pub

A regata conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Câmara Municipal de Vila do Porto, Câmara Municipal de Vila franca do Campo, Câmara Municipal da Horta, Clube Naval de Ponta Delgada, Clube Naval de Santa Maria e Clube Naval de Vila Franca do Campo.

Pub
Mais em Desporto
Meeting
Jovens nadadores algarvios conquistaram 27 medalhas no VII Meeting de Xira

A seleção regional de natação de infantis e juvenis alcançou quase três dezenas de medalhas no VII Meeting de Xira, realizado no passado

Kalle Rovanperä faz história ao vencer o Vodafone Rally de Portugal

Com 21 anos, Kalle Rovanperä, navegado por Jonne Halttunen aos comandos do Toyota GR Yaris Rally1 tornou-se o mais jovem vencedor de sempre

Rally de Portugal: Rovanperä e Evans em duelo épico pela vitória

A 55.ª edição do Vodafone Rally de Portugal está ao rubro e promete emoção até ao último quilómetro, com Kalle Rovanperä e Elfyn Evans a

Daniel Lima
Ciclismo: Júnior algarvio Daniel Lima foi sétimo no arranque do Trophée Centre Morbihan

O ciclista algarvio Daniel Lima foi, no sétimo lugar, o melhor corredor da seleção portuguesa na primeira etapa do Trophée Centre Morbihan,