RIAS devolveu à Natureza mais de 200 animais nos últimos dois meses

Só nos últimos dois meses (junho e julho) o RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens – Ria Formosa, localizado no concelho de Olhão, recebeu 649 animais, o que resulta numa média de 11 animais por dia, representando cerca de 58% do total dos ingressos do ano.

Desde janeiro do corrente ano, o Centro recebeu 1110 animais selvagens, entregues tanto por pessoas particulares, como pelas autoridades responsáveis, designadamente o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas e as equipas SEPNA da GNR. Neste momento estão em recuperação 157 animais, entre os quais águias, corujas, falcões, cegonhas, ouriços-cacheiros, cágados, andorinhas e até uma lontra – informa-nos o RIAS em comunicado enviado ao nosso jornal.

Pub

Refere o RIAS que é no verão que o trabalho no Centro “é mais intenso, tanto devido ao aumento da população na região durante esta época que resulta num maior número de animais detetados no campo, como devido aos juvenis de aves nascidos na primavera e, que nesta altura, experimentam realizar os primeiros voos, muitas das vezes sem sucesso”.

Recorde-se também que o RIAS está aberto ao longo de todo o ano para receber animais selvagens feridos encontrados na região algarvia mas também no Baixo Alentejo. Assim, nos últimos três anos “tem-se verificado um aumento substancial do número de animais que chegam ao centro, tendo 2016 sido o ano record com 1977 animais recebidos”, revela-nos o RIAS.

No que concerne a devoluções à natureza, também “estes meses são muito agitados”, sendo que, “só nos meses de junho e julho foram devolvidos ao seu habitat 202 animais recuperados pelo centro”, um número que “representa 50% das libertações feitas este ano”.

Com uma equipa fixa de apenas cinco técnicos,

Pub

Saliente-se que “o bom funcionamento do RIAS só é possível graças à ajuda de voluntários e a donativos de particulares e empresas, na medida em que o Centro apenas dispõe de uma pequena equipa fixa composta por cinco técnicos.

Nesse sentido, o RIAS aproveitou este comunicado para “agradecer novamente” a todos quantos contribuem para a sua missão e recorda que quem quiser “contribuir para esta causa pode contactar-nos (rias.aldeia@gmail.com / 927659313) ou fazer directamente o seu donativo para o IBAN PT50003505550004877083028 (CGD Olhão)“.

Pub
Mais em Ambiente
Portimão
Declaração de compromisso sobre alterações climáticas vai ser assinada em Portimão

A Águas do Algarve vai assinar em Portimão, na próxima semana, em conjunto com outros municípios e entidades gestoras do setor, a

Infraquinta implementa e certifica Sistema de Gestão de Energia

Durante a manhã de hoje, dia 25 de maio de 2022, e no âmbito do…

Sistema de recolha de biorresíduos no concelho de Lagos

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na sua última reunião, o Estudo para o Desenvolvimento…

Escola Padre Cabanita instala sistema de tratamento de águas para rega

No âmbito de uma candidatura à primeira edição do concurso “Eficiência Hídrica na Escola”, foi…