Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

António Costa cumpriu a tradição de provar o “melhor marisco” do mundo em Olhão

O primeiro-ministro, António Costa, inaugurou ontem, quinta-feira, a 32.ª edição do Festival em Marisco, em Olhão, cumprindo a sua “tradição” de visitar o evento para provar o “melhor marisco” do mundo.

Vindo de Tavira, onde esteve na reunião semanal com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realizada na capitania do porto local, o governante, acompanhado de outros membros do executivo, do presidente da Câmara de Olhão, António Miguel Pina, e de outras personalidades da política local e regional, visitou o recinto.

Dirigindo-se diretamente à entrada do evento e não aos paços do concelho, como estava previsto, António Costa encontrou-se com manifestantes que protestavam contra as demolições na Ria Formosa e pediam a abolição de portagens na A22.

O primeiro-ministro não se escusou a abordar João Vasconcelos, deputado do Bloco de Esquerda e membro da comissão de utentes da Via do Infante. “Já houve uma redução”, disse ao parlamentar, durante uma breve conversa.

Depois, durante cerca de uma hora, António Costa passou por todos os expositores de venda de marisco e outras iguarias da Ria Formosa, mas também pelos «stands» de instituições e entidades com presença no festival, distribuindo cumprimentos e beijos.

Concluída a visita, o primeiro-ministro sentou-se à mesa para provar o que caracterizou como “o melhor marisco do mundo”, uma vez que, explicou, já é uma tradição pessoal visitar o Festival do Marisco, sem prestar mais declarações à comunicação social.

O evento que prima, mais uma vez, pela oferta dos melhores mariscos e bivalves que o mar português e a Ria Formosa têm para oferecer, a par da animação musical com nomes bem conhecidos, abriu portas na quinta-feira com Tony Carreira como destaque musical.

A agenda de animação musical prossegue nos próximos dias com Richie Campbell (sexta-feira, 11), D.A.M.A (12), Diogo Piçarra (13), Nelson Freitas (14) e Seu Jorge (15).


Exit mobile version