(foto TVi 24)

Funchal: Ilha da Madeira regista nova tragédia com 13 mortos e 52 feridos (atualizada)

Fonte da TVi 24, dáva-nos conta esta terça feira de mais uma tragédia na Ilha da Madeira. Desta vez, 13 pessoas terão morrido e outras 52 terão ficado feridas, quatro das quais em estado muito grave, na sequência da queda de uma árvore de grande porte durante a romaria em honra de Nossa Senhora do Monte, no Funchal.

(Foto: Homem de Gouveia / Lusa)

A TVi informava também que uma outra fonte, da PSP, terá dito que havia pelo menos 11 mortos, entre os quais duas crianças, e 35 feridos, cinco deles em estado grave. Só que, esses dados depois de atualizados hoje 21:30 hrs de dia 16, infelizmente ditaram 13 mortos e 52 feridos

Pub

Segundo diversas notícias a circular nas redes sociais, inclusivé, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teria ido hoje para o Funchal acompanhar a situação, em solidariedade para com os familiares das vítimas de mais esta tragédia na Madeira.

Por seu turno, o primeiro-ministro, António Costa, manifestou condolências através do Twitter.

Uma outra fonte de informação, citando a Lusa, refere que a árvore tombou numa zona onde são vendidas velas e, portanto, com elevada concentração de pessoas.

De salientar que esta Festa do Monte e o seu arraial é um evento que está considerado a maior festa religiosa da Madeira, contando com a presença das entidades regionais, entre as quais se incluía o Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional.

Pub

Pub
Mais em Nacional
Reforço de meios de combate a incêndios no terreno até dia 31

O dispositivo especial de combate a incêndios rurais (DECIR) para este ano, conforme definido pela…

Língua Portuguesa é a quarta mais falada no mundo

Idioma é usado por 260 milhões de pessoas O Instituto Camões informou hoje, 5 de…

CNN: Marcelo pediu mais meios para as forças armadas e “consenso nacional” (c/vídeo)

Presidente da República centrou nas forças armadas a sua intervenção na sessão solene que assinalou…

DGRM efetua venda antecipada de Alabote congelado apreendido

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos vai promover uma venda antecipada de 743 kg de Alabote apreendido.