Silves: Ativado Plano de Emergência contra Fogos Florestais

Na sequência da ativação por parte do Governo do Estado de Calamidade Pública, com efeitos preventivos, foi igualmente ativado o Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil. Consequentemente, está também ativado o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil de Silves.

A ativação deste Estado de Calamidade Pública vai abranger, para além do Algarve, regiões Cento e Norte e o distrito de Beja e tem efeitos preventivos, visando precaver o surgimento de mais incêndios, num período em que são expectáveis temperaturas muito altas, já que é possível que os termómetros subam aos 40 graus, sobretudo nas zonas do interior.

Pub

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou cinco distritos do continente e a Madeira em aviso amarelo devido à previsão de tempo quente. O aviso amarelo é o terceiro mais grave numa escala de quatro e aplica-se a situações de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Assim sendo, solicita-se à população que, face a estas previsões e efeitos expetáveis, cumpra os avisos que possam ser transmitidos pelas autoridades, para evitar a possibilidade de risco de incêndio, tomando as seguintes medidas preventivas, recomendadas pela Autoridade Nacional para a proteção Civil (ANPC).

Não é permitido:

- Realização de queimadas, de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos;

Pub

- Utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos;

- Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;

- Lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes;

- Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem;

- A fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Pub
Pub
Mais em Ambiente
Culatra
Protótipo de dessalinização não intrusiva para a Ilha da Culatra vence concurso

O projeto «Culatra2030 – Non intrusive water desalination», coordenado por investigadores do Centro de Investigação Marinha e Ambiental

Aspirante Geoparque apresenta “Plantas Invasoras” nas escolas de Albufeira

O aspirante Geoparque Algarvensis, constituído pelos municípios de Loulé, Silves e Albufeira, assina a ação…

Loulé: Conselho de Ação Climática com novas sinergias

Passados dois anos, o Conselho Local de Acompanhamento da Ação Climática do Município de Loulé,…

Loulé adere à “Semana das Espécies Invasoras”

De 22 de maio a 3 de junho, o Município de Loulé envolve-se na realização…