Monchique: JSD congratula-se com participação de jovens nas listas

As candidaturas do PSD às Juntas de Freguesia, à Assembleia Municipal e à Câmara Municipal de Monchique, nas eleições autárquicas de 2017, contam com a maior participação de sempre de jovens candidatos.

A JSD de Monchique assume o compromisso de elaborar um plano de propostas estratégicas para o futuro do concelho assente numa correta solidariedade intergeracional. Apresentar o maior envolvimento de sempre de jovens nas listas do PSD a todos os órgãos autárquicos, inclusive em lugar elegível representa, claramente, para a JSD, uma aposta séria na Juventude, na sua irreverência e nas suas propostas.

Para a JSD,

Pub

O papel dos jovens na política deve ser encarado com o maior sentido de abertura e de responsabilidade, pelo que no âmbito do compromisso assumido pelo PSD e pelo seu candidato à Câmara Municipal, Dr. Rui André, dar voz aos jovens é fundamental para a definição de estratégias de futuro para a nossa terra, assumindo-se na futura representação nos vários órgãos das autarquias locais como garantia de um correto envolvimento e participação dos jovens nas decisões que os envolve.

Esta participação e envolvimento integra-se na ambição da JSD Algarve, liderada pelo Coordenador Nacional Autárquico da JSD, Carlos Gouveia Martins, em eleger e envolver o maior número de Jovens Algarvios nas decisões das suas terras, das suas freguesias e concelhos onde residem.

Pub
Artigos Relacionados
Mais em Política
Aprovada proposta do PSD para contratação de estrangeiros

O Parlamento aprovou uma proposta do PSD, subscrita pelos deputados eleitos pelo Algarve, que vai…

Semana de trabalho de quatro dias foi debatida

Iniciativa do Livre teve o votação favorável do PS, BE, PCP, Iniciativa Liberal e PAN….

PS Faro Inicia visitas ao setor associativo de Faro

O Partido Socialista Faro iniciou visitas às associações do Município de Faro com o intuito…

Hospital
OE: Parlamento requer decisão do Governo sobre Hospital Central do Algarve até setembro

Os deputados da comissão parlamentar de Orçamento e Finanças aprovaram ontem, terça-feira, uma proposta do PS que incita o governo a decidir,