Jornal diariOnline Região Sul

Paulo Ribeiro revisita o amor

No próximo dia 6 de outubro, pelas 21h30, uma das mais prestigiadas companhias de dança portuguesas, a Companhia Paulo Ribeiro, apresenta no Cine-Teatro Louletano o espetáculo “Ceci n’est pas un film. Dueto para maçã e ovo”, em que se revisita o tema da busca do Amor, num diálogo interdisciplinar muito feliz entre dança, música e excertos de vários filmes.

A sessão contará com a presença do coreógrafo Paulo Ribeiro, atual diretor artístico da Companhia Nacional de Bailado, que conversará com o público.

Em “Ceci n'est pas un film” Paulo Ribeiro não tem a intenção de ilustrar um filme com dança; pretende proporcionar uma viagem, um diálogo por imagens. Imagens com passado mas com futuro incerto. Imagens que conduzem ao “dueto de maçã e ovo”, que, por sua vez, sugere a elevação do amor.

Amor... Imagem entre o tempo que se arrasta rodopiando sobre si próprio e o dueto que, de tanto querer voar, se amarra ao chão. Amor que se torna possessivo, exigente, dependente, desesperado, exaltado, sufocante; mas também patético, cómico, trágico-cómico, lúdico, frívolo, virtuoso, sinuoso, cabotino e esvaziado. Amor que derrapa nos fantasmas da negritude da alma e da hiperatividade como forma de exorcizar a ilusão ou a desilusão!

Sem narrativas fechadas, sem dramaturgia esmagadora, sem a obrigação de tudo perceber, os dois intérpretes em palco levam-nos a um mundo de sentidos que são os da vida na sua configuração mais simples de se afirmar. Em simultâneo, indelevelmente, convocam Magritte a acompanhar-nos.

O espetáculo tem a duração aproximada de 75 minutos, dirige-se a maiores de 6 anos e tem um custo associado por pessoa de 5 euros, sem descontos aplicáveis.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt.

Comentários

comentários