Jornal diariOnline Região Sul

Ministério Público acusa dois homens por crime de tráfico de estupefacientes

O Ministério Público (MP) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro, através da secção de Silves, acusou dois arguidos, ambos britânicos e de 32 anos de idade, para julgamento por tribunal coletivo pela prática de um crime de tráfico de estupefacientes.

Segundo a acusação, os dois homens, residentes no Algarve desde o primeiro trimestre de 2016, projetaram e construíram várias estufas para produção de cannabis/haxixe.

As estufas foram construídas nas garagens da casa onde moravam, no concelho de Albufeira e num terreno que arrendaram, no concelho de Silves.

“Estes equipamentos revestiam-se de alguma sofisticação, dispondo, designadamente, de aparelhos de extração e filtragem do ar, de mangas para circulação do ar que suprimiam odores e diminuíam o ruído e de forro de alumínio nas paredes”, refere o MP, em comunicado.

Depois de produzido, os arguidos prensavam, embalavam e vendiam o estupefaciente.

Os arguidos encontram-se em prisão preventiva, tendo o Ministério Público promovido a manutenção da medida de coação.

A investigação foi dirigida pela secção de Silves do DIAP de Faro, tendo o Ministério Público sido coadjuvado pela GNR de Silves.

Comentários

comentários