Utentes da ASMAL mostram trabalhos artísticos

A galeria da biblioteca municipal José Mariano Gago, em Olhão, está a acolher a partir de hoje, terça-feira, 10, Dia Mundial da Saúde Mental, uma exposição de trabalhos desenvolvidos por utentes da Associação de Saúde Mental do Algarve (ASMAL).

A mostra, intitulada «Relíquias do Sotavento», apresenta uma seleção de elementos que integram o património histórico e natural do sotavento algarvio, e fica patente até 28 de outubro.

Pub

Inclui a recriação de apontamentos de arquitetura local, assim como espécies representativas da flora e da fauna regionais. Os utentes desta valência criaram peças em pintura, tapeçaria e técnicas mistas.

O Dia Mundial da Saúde Mental, efeméride criada em 1992, visa chamar a atenção para a questão da saúde mental global, e identificá-la como uma causa comum a todos os povos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticas ou socioeconómicas.

Um estudo da Direção Geral de Saúde mostra que Portugal lidera a lista dos países europeus com maior número de casos de perturbações mentais. Os mais afetados são as mulheres e as pessoas com menos educação e dinheiro.

A ASMAL - Associação de Saúde Mental do Algarve, fundada em janeiro de 1991, com sede em Loulé, visa promover a saúde mental em todas as fases da vida, oferecer maior diversidade e qualidade nos serviços prestados aos clientes, aprofundar o trabalho em parceria e as redes sociais e colaborar para a desmitificação social da doença mental.

Pub

Pub
Mais em Artes & Espetáculos
Lagoa recebe Festas do Divino Espírito Santo

Lagoa do Algarve irá receber uma comitiva de Lagoa dos Açores, no âmbito do protoloco de geminação existente entre as duas cidades…

Banda “Os Naira” no Auditório Municipal de Albufeira

Os Naira voltam a surpreender os albufeirenses, desta vez com uma atuação aberta ao público,…

Cineteatro Louletano garante apoio para quadriénio 2022 – 2025

O Cineteatro Louletano acaba de ver garantido um apoio de 200 mil euros anuais para…

Música e literatura do Algarve nas comemorações dos 150 anos de Ernesto Korrodi

A música e literatura “made in Algarve” vão marcar presença, em Leiria, nas comemorações dos 150 anos do nascimento de Ernesto Korrodi