Andaluzia propõe formar República “filosófica” com Alentejo e Algarve incluídos

A Andaluzia admite seguir o exemplo da Catalunha e pedir a independência de Espanha, com uma ideia “filosófica” no horizonte que prevê por formar uma República que unifique a região espanhola da Andaluzia, o Alentejo, o Algarve e o Rife Marroquino.

Note-se que que o presidente do Governo regional da Catalunha já garantiu que vai avançar com a declaração unilateral da independência da região da Catalunha, após os resultados do referendo de 1 de Outubro passado e, já há um movimento independentista andaluz, intitulado Assembleia Nacional da Andaluzia, que admite fazer o mesmo.

Pub

O movimento tem marcada uma declaração simbólica de independência da Andaluzia para o próximo dia 4 de dezembro, explicou o presidente do movimento independentista, Pedro Inácio Altamirano, em declarações à comunicação social, designadamente à rádio TSF.

Foto: publico.es/DR

A TSF noticiou o seguinte:  «A Assembleia Nacional da Andaluzia está a preparar uma proposta, para ser apresentada no próximo dia 4 de dezembro, para declarem "teoricamente" a independência da Andaluzia. Mas, o mapa que traçaram para a República de Estados -províncias inclui o Alentejo e o Algarve e o Rife Marroquino conforme a foto mostra.
Para já, garantem que não passa de "uma experiência", para demonstrar como funcionaria uma república no sul da península, a partir de um conceito que dizem ser "filosófico", mas com um objetivo traçado muito claro.» - relatou a TSF.

Entretanto, o presidente do movimento independentista disse que “no dia 4 de dezembro vamos criar uma espécie de governo da República – virtual – para que os andaluzes possam observar como se governa a Andaluzia a partir da Junta de Andaluzia e de Madrid e como se poderia governar a Andaluzia a partir de um governo de uma República”, explicou Pedro Altamirano.

Pub
Mais em Internacional
Brasil: chuvas em Pernambuco poderão deixar mais de 70 mortos

Em Alagoas, 13 municípios estão em situação de emergência devido aos temporais Fortes chuvas atingem,…

McLaren passa a exibir marca ‘Senna’ nos carros de Fórmula 1

O acordo é válido a partir do GP do Mónaco, onde o tricampeão conquistou seis vitórias

Shurastey é cremado nos EUA e as cinzas viajam com tutor para o Brasil

O influenciador, que estava com o seu cão golden retriever chamado de Shurastey, envolveu-se num acidente de trânsito. Ambos morreram.

F1: Leclerc o mais rápido também no TL2, pois então!…

Durante a primeira atividade o TL1, no Principado do Mónaco, a luta pela primeira posição…