Hospital de Faro

CHUAlgarve assinala Dia Mundial da Prematuridade

Os profissionais do Serviço de Medicina Intensiva Pediátrica e Neonatal do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUAlgarve) vão assinalar o Dia Mundial da Prematuridade com um programa de atividades que pretende dar a conhecer a diferenciação dos cuidados neonatais.

As iniciativas arrancam amanhã, segunda-feira, 13, com a colocação de uma faixa alusiva ao tema na entrada principal da unidade de Faro do CHUAlgarve. Nesse mesmo dia, numa organização da Associação Nascer Prematuro, também o Mercado Municipal de Faro será iluminado em tons de lilás, a cor associada à efeméride.

Pub

Estará ainda patente, a partir do mesmo dia, no «hall» do edifício central da unidade de Faro, a exposição «Na Primeira Pessoa», que apresenta fotografias, testemunhos e trabalhos oferecidos pelos pais das crianças que ao longo dos anos têm passado pela unidade de neonatologia.

Para o dia 17 de novembro, às 17:00 horas, está agendada a palestra «A alegria de educar, porque nascemos prematuros», dirigida a pais, educadores e profissionais de saúde, no auditório da unidade de Faro do CHUAlgarve.

O evento conta com a intervenção da pediatra Isabel Rodrigues e reserva ainda espaço para a apresentação de testemunhos de pais de crianças prematuras que foram acompanhadas no centro hospitalar algarvio, além da intervenção da presidente da Associação Nascer Prematuro, Adriana Guerreiro.

As atividades terminam no dia 18 de novembro, às 15:30, com um lanche-convívio entre pais de bebés prematuros, crianças e profissionais de saúde, decorrendo no salão da paróquia de São Luís, em Faro.

Pub

Pub
Mais em Saúde
Europa continua em alerta vermelho no mapa europeu das infeções de Covid-19

Portugal, França e Itália mantêm o nível máximo de infeções de COVID-19. A Espanha continua…

EUA confirmam primeiro caso de varíola do macaco em 2022

Sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e…

Sobe para 14 o número de casos de varíola dos macacos no país

Há ainda outros dois casos suspeitos de Monkeypox, que se encontram sob análise.

Portugal identifica cinco infeções por varíola, Espanha 8 suspeitos

Depois do Reino Unido ter colocado a Europa em alerta para o vírus da varíola,…