Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Associação 289 quer tornar-se referência cultural na capital algarvia

A Associação 289, que se apresenta ao público de Faro no próximo sábado, 18, abrindo a sua sede para várias ações, entre as 15:00 e as 3:00 horas de domingo, num evento com entrada livre, quer tornar-se uma “referência cultural” da capital algarvia.

A nova associação, instalada na antiga sede da Associação dos Comandos, no sítio das Pontes de Marchil - edifício que se encontrava abandonado e devoluto -, foi formada por dezena e meia de artistas visuais: Ana Rostron, Ângelo Gonçalves, Bertílio Martins, Catarina Correia, Elisabeth Ninolla, Fernando Sampaio Amaro, Gustavo de Jesus, Jorge Mestre Simão, Margarida Pavão Gomes, Paulo Serra, Susana de Medeiros, Tiago Batista, Vasco Marum Nascimento, Vincent Régis Ribeiro e Xana.

Os objetivos da 289 passam por “criar condições de trabalho para os associados, promover e divulgar as artes visuais no contexto da arte contemporânea e incentivar a uma nova dinâmica artística com ligações a nível nacional e internacional num espaço que ambiciona tornar-se uma referência cultural na capital algarvia”.

No próximo sábado, as propostas para o dia de abertura ao público incluem a inauguração de uma exposição dos artistas residentes da associação, a visita aos ateliês dos artistas, performances, música ao vivo, a projeção de curtas-metragens(em parceria com o Shortcutz Faro), a exibição do filme «Shirley: Visions of reality» (2013), em colaboração com o Cineclube de Faro, música, a cargo do DJ Pedro Mesquita, e street food, entre outras atividades.

A mostra dos artistas residentes, denominada «289=14», estará depois patente de quinta-feira a sábado, das 14:00 às 19:00.

Exit mobile version