Jornal diariOnline Região Sul

Três municípios algarvios com poder de compra «per capita» acima da média nacional

Faro

Três municípios algarvios - Faro, Albufeira e Portimão - apresentaram valores acima da média nacional relativamente ao indicador do poder de compra «per capita» (IpC) em 2015, de acordo com um estudo revelado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O Indicador per Capita (IpC) do poder de compra pretende traduzir o poder de compra manifestado quotidianamente, em termos per capita, nos diferentes municípios ou regiões, tendo por referência o valor nacional (Portugal = 100).

Em termos regionais, a leitura dos resultados do IpC para 2015 associa ao território continental um poder de compra superior ao observado no Algarve (95,2).

Faro é o concelho algarvio com maior IpC (132,14) - e o 6.º a nível nacional -, seguido de Albufeira (104,44) e Portimão (100,67), enquanto Vila do Bispo regista o mais baixo IpC da região (60,94).

Segundo o INE, dos 308 municípios portugueses, apenas 33 registaram valores acima da média nacional e, desses, 23 municípios concentraram 50% do poder de compra nacional.

Por outro lado, na vertente do Fator Dinamismo Relativo (FDR), que pretende refletir o poder de compra de manifestação irregular, geralmente sazonal, relacionado com os fluxos turísticos, dos 16 municípios com um registo superior ao desvio-padrão da distribuição, 11 situavam-se no Algarve: Albufeira, Vila do Bispo, Lagos, Loulé, Lagoa, Aljezur, Tavira, Castro Marim, Portimão, Vila Real de Santo António e Silves.

Albufeira e Vila do Bispo destacaram-se por apresentarem um FDR superior a 8 desvios-padrão, sublinhou o INE.

A 12.ª edição do Estudo sobre o Poder de Compra Concelhio, relativo a 2015 (EPCC 2015) - realiza-se de dois em dois anos -, pretende caracterizar os municípios portugueses relativamente ao poder de compra “numa aceção ampla de bem-estar material”, a partir de um conjunto de 16 variáveis e por recurso a um modelo de análise fatorial em componentes principais.

Comentários

comentários