Lagoa

PCP preocupado com Centro de Saúde de Lagoa

Uma delegação do PCP, integrando o deputado Paulo Sá eleito pelo Algarve, visitou o Centro de Saúde de Lagoa, tendo-se inteirado dos problemas que afetam esta unidade de saúde, designadamente ao nível dos recursos humanos, das instalações e equipamentos, da informática e do parque automóvel.

O Centro de Saúde de Lagoa integra a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (incluindo as extensões de saúde de Parchal, Estômbar, Carvoeiro, Ferragudo e Porches) e a Unidade de Cuidados na Comunidade d`Alagoa.

Pub

A Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados tem 5.451 utentes sem médico de família, assim distribuídos: sede – 951, Parchal – 977, Estômbar – 1147, Carvoeiro – 745 e Porches – 1631. Apesar de, recentemente, terem sido colocados 5 médicos de medicina geral e familiar no Centro de Saúde de Lagos, faltam ainda, pelo menos, 3 clínicos.

Há ainda carência de enfermeiros no Centro de Saúde de Lagoa, pelo menos três na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados e pelo menos um na Unidade de Cuidados na Comunidade d`Alagoa.

No Centro de Saúde de Lagoa há um psicólogo, um fisioterapeuta, um higienista oral, um técnico de segurança social e um técnico de serviço social. Faltam um terapeuta ocupacional, um terapeuta da fala e um nutricionista, assim como mais um psicólogo e mais um técnico de serviço social.

Quanto a assistentes técnicos e assistentes operacionais verifica-se uma carência acentuada, faltando pelo menos cinco profissionais em cada categoria: quatro na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados e um na Unidade de Cuidados na Comunidade d`Alagoa.

Se relativamente aos médicos têm sido abertos concursos nos quais não tem havido candidatos suficientes para todas as vagas, no que diz respeito aos enfermeiros a opção do Governo tem sido a de colocar a concurso um número insuficiente de vagas e no que diz respeito aos técnicos superiores, aos técnicos de diagnóstico e terapêutica, aos assistentes técnicos e aos assistentes operacionais a opção do Governo tem sido a de não abrir concursos para colmatar as carências. Tais opções limitam a capacidade de os centros de saúde, e em particular o Centro de Saúde de Lagoa, darem uma resposta adequada às populações ao nível dos cuidados de saúde primários.

No que diz respeito às instalações, a delegação do PCP inteirou-se da necessidade de proceder a obras de requalificação na Extensão de Saúde de Estômbar, a qual se encontra muito degradada. Na sede do Centro de Saúde de Lagoa, foi libertado um espaço para ser utilizado como sala de fisioterapia, terapia ocupacional e saúde materna. Contudo, esta sala não dispõe de equipamento adequado, pelo que se encontra subaproveitada. Acresce ainda que o Centro de Saúde de Lagoa não dispõe de cadeira de estomatologia, embora disponha de um higienista oral.

As questões do PCP ao Ministério da Saúde

Quando prevê o Governo que no Centro de Saúde de Lagoa sejam colocados os médicos em falta?

Por que motivo não são contratados para o Centro de Saúde de Lagoa enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, técnicos superiores, assistentes técnicos e assistentes operacionais em número adequado, permitindo uma melhoria dos cuidados de saúde prestados aos utentes? Quando serão contratados?

Quando serão realizadas as obras de requalificação na Extensão de Saúde de Estômbar?

Pub

Quando será disponibilizado financiamento para adquirir uma cadeira de estomatologia e equipar a sala de fisioterapia, terapia ocupacional e saúde materna do Centro de Saúde de Lagoa?

Quando será aumentada a largura de banda no Centro de Saúde de Lagoa (sede e extensões de saúde)?

Quando será o Centro de Saúde de Lagoa dotado de um número adequado de viaturas?

Pub
Mais em Saúde
Covid-19
Covid-19: Algarve regista mais de 9.900 casos ativos e 49 internamentos

Os números de novos casos diários de coronavírus SARS-CoV-2, casos ativos e internamentos associados à Covid-19 no Algarve continuaram

Covid-19: Semana com mais mortos, mais internados e mais novos casos

Nos últimos sete dias de avaliação da evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, foram registados mais 157.502 novos casos, segundo o

INEM alerta para o esgotamento pelo calor

O esgotamento pelo calor ocorre em consequência da exposição a períodos de calor intenso, durante vários dias consecutivos, quando um

Alvor é palco de “Caminhada Pelo Coração”

De forma a assinalar o mês de maio sob o mote “o mês do coração”, será promovida uma caminhada  em Alvor, uma das freguesias da cidade.