Futebol: Bruno Saraiva deixa comando técnico do Olhanense

Bruno Saraiva deixou na terça-feira o comando técnico do Olhanense, 4.º classificado da Série E do Campeonato de Portugal de futebol, após rescisão amigável com a SAD, salientando que já não se sentia útil no projeto do emblema algarvio.

“Ficas quando acreditas que podes fazer a diferença, ficas quando te sentes útil no projeto, ficas quanto tens voz ativa, objetiva e decisiva na estratégia desportiva. Quando sais, é porque já não se reúnem estes ou parte destes requisitos”, disse o técnico, num testemunho partilhado na sua página de Facebook.

Pub

Depois de uma curta passagem pelo Olhanense, em 2013, quando garantiu a permanência na I Liga, Bruno Saraiva voltou no passado mês de fevereiro, mas acabou por não conseguir escapar ao 22.º e último lugar na II Liga, mantendo-se, ainda assim, no comando técnico.

“Fi-lo porque considerei que podia contribuir de forma positiva para melhorar o rendimento desportivo do SCO, fi-lo na perspetiva de reaproximar o clube da SAD e, por inerência, reaproximar os olhanenses do seu ‘clube’, fi-lo com a condição e garantia de que jogaríamos no [Estádio José] Arcanjo, fi-lo com grande sacrifício pessoal e profissional, mas chegou o momento de ceder o lugar”, salientou Bruno Saraiva.

O técnico deixou uma “palavra muito especial” aos atletas. “Estes atletas são excelentes profissionais, a quem só tenho palavras de respeito e admiração, por tudo quanto têm feito para manter o Olhanense no topo da classificação, colmatando e disfarçando todas as carências, limitações e desequilíbrios existentes”, referiu.

Sem se alongar sobre o estado atual do Olhanense, por não querer desestabilizar o emblema, o treinador algarvio assumiu a sua quota-parte de responsabilidade e assegurou que a saída não se deve à derrota (4-1) na casa do líder Farense, no passado domingo.

Pub

“A saída não está diretamente associada à última derrota, mas esta foi a cereja no topo de um bolo muito azedo, na sequência de uma semana negra, precedida de outras menos boas e sempre na mesma linha negativa”, assinalou, recordando que, entre lesionados, castigados, indisponíveis administrativamente e dispensados, teve vários jogadores de fora das opções para os últimos encontros.

“Os que acompanharam o trajeto desta equipa desde o início da época, viram uma equipa que não perdeu um único ponto no José Arcanjo, somando unicamente vitórias (7 em 7). Assistiram também ao que foi o rendimento da equipa até determinado momento, e o que tem sido nas últimas três jornadas”, frisou Bruno Saraiva.

O Olhanense ocupa o 4.º lugar na Série E do Campeonato de Portugal, com 20 pontos, a sete do líder Farense. A equipa volta à ação na próxima semana, com a receção ao Pinhalnovense (26 de novembro).

Pub
Mais em Desporto
Kalle Rovanperä faz história ao vencer o Vodafone Rally de Portugal

Com 21 anos, Kalle Rovanperä, navegado por Jonne Halttunen aos comandos do Toyota GR Yaris Rally1 tornou-se o mais jovem vencedor de sempre

Rally de Portugal: Rovanperä e Evans em duelo épico pela vitória

A 55.ª edição do Vodafone Rally de Portugal está ao rubro e promete emoção até ao último quilómetro, com Kalle Rovanperä e Elfyn Evans a

Daniel Lima
Ciclismo: Júnior algarvio Daniel Lima foi sétimo no arranque do Trophée Centre Morbihan

O ciclista algarvio Daniel Lima foi, no sétimo lugar, o melhor corredor da seleção portuguesa na primeira etapa do Trophée Centre Morbihan,

F1: Leclerc novamente na pole-position com Verstappen a seu lado

Sábado, 21 de maio, Circuito de Barcelona, dia de Qualificação para o Grande Prémio de Fórmula 1 de Espanha, a sexta etapa da temporada de 2022 – formação da grelha de partida.