Suspeitos de tráfico de estupefacientes ficam em prisão preventiva

Os quatro homens detidos pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Loulé da GNR na passada quarta-feira, por suspeita de tráfico de estupefacientes, vão ficar em prisão preventiva, anunciou o Ministério Público do DIAP de Faro.

Com idades compreendidas entre os 36 e os 41 anos, dois dos arguidos são portugueses, um é marroquino e outro brasileiro.

Pub

Segundo o MP, ha suspeitas de os arguidos se dedicarem a comprar e a revender, no Algarve, elevadas quantidades de haxixe/cannabis.

O inquérito decorria há cerca de seis meses, tendo culminado com a abordagem a um dos indivíduos, na A22, o qual tentou circular em contramão, acabando por se despistar, sendo detido na posse de mais de quatro quilos de haxixe.

No decurso das diligências, foram ainda realizadas três buscas domiciliárias, tendo sido apreendido 12.172 doses de haxixe, 3 veículos, 3.110 euros, 10 telemóveis e 1 televisor.

Na sequência do interrogatório judicial, os quatro suspeitos ficaram em prisão preventiva. O inquérito está em segredo de justiça e continuará a ser dirigido pelo MP da 2ª secção de Faro do DIAP.

Pub

Pub
Mais em Sociedade
Núcleo duro: Os 13 jogadores mais importantes da Selecção Portuguesa de Futebol

Sabe quais são os 13 jogadores da seleção portuguesa de futebol de que Fernando Santos não abdica e que estarão, com grande probabilidade, a

O “Vale Encantado” está de volta para comemorar Dia da Criança

O Dia Mundial da Criança em Albufeira vai celebrar-se mais uma vez em grande com…

Homem ferido com gravidade após ser esfaqueado em Albufeira

Um homem foi esta quinta-feira esfaqueado em Albufeira, tendo sido conduzido para o hospital de Portimão com ferimentos graves, disse fonte

Tavira aprovou Carta de Adesão ao “Algarve Active Ageing”

O Município de Tavira aprovou, em reunião de Câmara Municipal, a Carta de Adesão ao…