Expedição São Brás de Alportel / Marrakech: Memorial João Rosa Beatriz partiu simbolicamente

Reavivar as relações entre São Brás de Alportel e Ouezzane é um dos objectivos

Foi hoje junto aos Paços do Concelho, que o Município de São Brás de Alportel e o Grupo Marafados do TT Algarve fizeram a partida simbólica da “Expedição Humanitária São Brás de Alportel – Marrakech: Memorial João Rosa Beatriz”, o qual sai oficialmente rumo ao Reino de Marrocos na próxima terça-feira, dia 26 de dezembro, cuja caravana será composta por 8 veículos todo terreno (jeeps) e 23 pessoas.

Carregado de enorme simbolismo e história, não só por homenagear o são-brasense João Rosa Beatriz, fundador de São Brás de Alportel, que emigrou para Marrocos em 1915 e ali viveu até à sua morte em 27 de julho de 1960, mas também por ser o início de um novo impulso no acordo de cooperação entre o Município de São Brás de Alportel e o Município de Ouezzane, o evento contou com a presença do Cônsul Honorário do Reino de Marrocos no Algarve, Arq.º José Alberto Alegria, do Presidente do Grupo Marafados do TT Algarve, António Vilela, do Executivo Municipal, dos Presidentes da Assembleia Municipal e da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, bem como de outras individualidades.

Pub
Arq.º José Alberto Alegria - Cônsul Honorário do Reino de Marrocos no Algarve

"É por vontade de sua Magestade o Rei de Marrocos que existe um Cônsulado Honorário no Algarve, cuja função é aproximar as regiões e fazer cooperação descentralizada, precisamente o que estamos a praticar aqui hoje e vai ser praticado nos próximos dias. O Município de São Brás de Alportel tem um historial importante porque foi dos primeiros municípios a estabelecer um protocolo de cooperação com o Município de Ouezzane, o qual por força dos calendários eleitorais desencontrados, esfriou durante algum tempo, no entanto, penso que a partir de agora começará a haver mais convívio e mais cooperação. Quero relembrar que São Brás de Alportel nesta cooperação com Ouezzane, foi sempre exemplar em diversas áreas que vão desde a cultura ao desporto passando pela solidariedade. Em suma há muitos dados históricos, muito mais do que se possa pensar, que ligam o Algarve a Marrocos e que nesta expedição os participantes vão poder constatar." disse o Arq.º José Alegria.

Salientam os organizadores que esta expedição é uma oportunidade para mergulhar na cultura árabe, numa incursão ao norte de África, que permitirá alargar horizontes e recuperar a herança do Al-andaluz tendo como inspiração a história singular de João Rosa Beatriz, livre-pensador e republicano que fundou o concelho de São Brás de Alportel em 1914.

António Vilela - Presidente do Grupo Marafados do TT Algarve

"Já andávamos a tentar fazer esta expedição há dois anos, foi possível agora, como tal agradecemos o apoio a todas as entidades envolvidas. Temos alguma experiência acumulada, e como tal queremos levar e trazer as pessoas em segurança, como tem acontecido em outras vezes. Desta vez vamos levar uma carta do Município de São Brás para o Município de Ouezzane, com o intuito de reativar as relações entre os municípios, bem como vamos entregar material escolar e vestuário a uma 'Casa de Rapazes' em Ouezzane. Ao longo de 11 dias vamos percorrer parte do território marroquino, mergulhar na história e conhecer mais, porque, apesar das muitas vezes que já lá fui, descubro sempre algo novo." disse António Vilela.

Durante a partida simbólica, o Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vitor Guerreiro, ofereceu ao grupo um exemplar de “O Testamento Político de João Rosa Beatriz”, sobre o qual, o Presidente do Grupo Marafados do TT Algarve, António Vilela, disse que em diferentes momentos da expedição irá ler alguns excertos da obra, por forma a todos ficarem a conhecer melhor o homem que foi João Rosa Beatriz.

Vítor Guerreiro - Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel

"Este é um evento que marca de uma forma muito positiva o final de 2017 e o início de 2018. Para nós é uma felicidade muito grande podermos concretizar este sonho que há muito havia sido falado, em especial pela vice-presidente Marlene Guerreiro, uma grande entusiasta da história. Como disse o Pároco António Farias, esta é uma altura de criar pontes e não muros, e esta expedição é sem dúvida uma ponte de entendimento, de partilha, de tolerância e de aceitação, sendo para São Brás de Alportel um privilégio muito grande podermos contar com uma expedição destas, em que levam na vossa bagagem tudo o que já referi, mais o simbolismo inerente ao fundador do concelho de São Brás de Alportel. É importante recordarmos as nossas raízes e a nossa história, a qual está intimamente ligada a está área de África, bem como importante é reafirmarmos e reforçarmos a ligação que tivemos com o Reino de Marrocos", disse Vítor Guerreiro, finalizando com votos de Boas Festas e Próspero Ano Novo a todos, bem como uma boa viagem aos participantes.

Pub

Partindo dia 26 de dezembro de 2017, após percorrer 3.700 quilómetros e passando por Chefchauen, Ouezzane, Meknes, Azrou, Gargantar du Todra, Todra, Agoudal, Alnif, Remlia, Zagora, Erg. Chegaga, Ouarzazate, Marrakech e Tetouan, entre outros locais, a caravana estará de regresso dia 6 de janeiro de 2018, certamente com os participantes a terem oportunidade de contar como foi conhecer um Marrocos profundo, bem como os locais por onde passou e viveu João Rosa Beatriz.

Pub
Mais em Sociedade
IPDJ
IPDJ comemora 31.º aniversário do Centro de Juventude no Algarve

A Direção Regional do Algarve do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) vai…

Ferrovia
Tertúlia Farense debate papel da ferrovia no Algarve

«O Papel da Ferrovia nas Acessibilidades e Mobilidade no Algarve» é o tema deste mês da Tertúlia Farense, cuja sessão está marcada para

Ministro
Ministro da Administração Interna visita São Brás e Alcoutim

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, visita, na próxima segunda-feira, 23, os projetos que estão a ser desenvolvidos no

Aljezur apoia e reforça dispositivo de combate a incêndios rurais

No âmbito do protocolo relativo ao Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais de 2022,…