Jazz promove Vinhos do Algarve.

Dando continuidade ao programa de animação Jazz nas Adegas, que obteve enorme sucesso, o Município de Silves organiza este a 2ª edição do evento que teve início na Quinta João Clara que rapidamente viu a sua lotação esgotada.

Não podia começar da melhor forma a 2ª Edição do programa de animação Jazz nas Adegas, uma iniciativa do Município de Silves, inserida no programa de apoio 365 Algarve, que visa promover a realização de eventos culturais na região durante a época baixa, procurando desta forma combater a sazonalidade turística verificada neste período.

Pub
Jazz nas Adegas - Silves

A abertura do programa decorreu dia 13 de janeiro na Quinta João Clara em Alcantarilha, com o quarteto Low Tech Groove, com a casa completamente esgotada e tendo desde já sido anunciado que o próximo concerto, que será na Quinta Mata-Mouros em Silves, está igualmente esgotado.

Conhecer os vinhos do Algarve e de Silves

Todos os produtores estão localizados em Silves e o objetivo do evento, segundo a presidente da edilidade –Rosa Palma – foi o de “associar o território aos vinhos dos produtores aqui localizados e desta forma dar a conhecer os Vinhos do Algarve e de Silves em particular pois é o Concelho que agrega mais produtores.”

Jazz nas Adegas - Silves

Para os produtores algarvios esta é uma forma original e diferente de dar a conhecer os seus vinhos, tanto ao público local como estrangeiro, como foi o caso da Quinta João Clara, gerida por Edite Alves com o apoio das suas filhas Ana e Joana Alves, numa propriedade com perto de 11 hectares de vinha. Para além do prestigiado monocasta Negra Mole, feito com a esta casta autóctone da região, os vinhos João Clara tem mais 8 referências no seu portfólio, tendo Edite Alves aproveitado o evento para apresentar ao público 3 novidades a serem lançadas, ainda este ano, pelos vinhos João Clara e que são: Um Late Harvest (Colheita tardia); um monocasta Alvarinho, com estágio em barrica; e também o primeiro espumante da marca, feito com 100% Negra Mole.

Dado o sucesso do evento, realizado pela primeira vez o ano passado, verificou-se o aumento da participação e interesse dos produtores participantes, que passaram de 6 para um total de 8 produtores aderentes, com 3 estreias e 5 repetentes. E se na edição anterior foram-se verificando sucessivas lotações esgotadas, a situação começa desde já a verificar-se também com a edição desde ano. Estas são razões que deixam satisfeitos tanto Rosa Palma, que refere que “os ingredientes de associar a boa música ao bom vinho e a espaços privilegiados resultam na enorme adesão registada ao evento”; como também Desidério Silva – presidente da RTA – convidado no âmbito do 365 Algarve, e que mencionou, durante a abertura, “estar satisfeito com a moldura humana presente, o que confirma que atualmente os Vinhos do Algarve já conseguem atrair público devido à qualidade e imagem positiva que têm.”

Segundo a organização, para assistir aos espetáculos, é necessário efetuar a reserva junto dos serviços da CM de Silves, tendo o ingresso, para cada sessão, o custo de 10 euros (inclui, para além do concerto, prova de vinhos do produtor, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho).

Jazz nas Adegas - Silves

Jazz nas Adegas

O programa do Jazz nas Adegas 2018 consta de 8 espetáculos sempre às 21h, nas seguintes datas e locais:

Pub

  • 13 Janeiro – Quinta João Clara – Alcantarilha
  • 20 Janeiro – Quinta Mata-Mouros – Silves
  • 10 Fevereiro – Quinta do Francês – Odelouca
  • 24 Fevereiro – Quinta do Barradas – Venda Nova
  • 10 Março – Quinta do Barranco Longo – Algoz
  • 17 Março – Quinta da Vinha – Sítio da Vala
  • 07 Abril - Quinta do Outeiro – Silves
  • 14 Abril – Quinta da Malaca – Pêra

 

Pub
Mais em Economia
Esperio: O banho de sangue de Wall Street pode abrir caminho para a Europa

A ameaça de um declínio perceptível nos lucros corporativos devido à escassez de dinheiro livre induzida pela inflação para os consumidores

Inflação atinge recorde de 8,1% na UE

Taxa de inflação homóloga da zona euro manteve-se estável nos 7,4% em abril, face a março, segundo informa o Eurostat.

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…

Associação Empresarial de Sines e Porto de Luanda assinam protocolo

A Associação Empresarial de Sines (AES) e o Porto de Luanda assinaram um Protocolo de…