Jornal diariOnline Região Sul

Livro sobre “Teorias Leigas em Pessoas Idosas” apresentado em Loulé

A próxima sessão dos “Livros Abertos” da Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, a 27 de janeiro, sábado, pelas 15h30, vai contar com a apresentação do livro “Teorias leigas em pessoas idosas – Conhecer para intervir, manual para educadores sociais e cuidadores”, de Cláudia Luísa.

Com esta publicação pretende a autora partilhar a importância das teorias leigas em pessoas idosas, em alguns domínios da sua vida, e também fazer uma breve reflexão sobre o trabalho social desenvolvido nesta área, que é inesgotável.

Primeiro apresenta um capítulo sobre o envelhecimento humano e suas características, bem como alguns dados demográficos de Portugal e do Algarve. O segundo e terceiro capítulos são dedicados às teorias leigas, conceitos e campos de estudo, onde referencia trabalhos realizados na área da saúde e da doença, da qualidade de vida e da felicidade. O quarto capítulo reporta-se ao trabalho de investigação realizado, onde expõe a metodologia e alguns resultados, que considera mais relevantes para a obra em causa. No quinto e último capítulo reflete sobre o papel do educador social com públicos idosos e apresenta um plano de intervenção, organizado em cinco eixos, que tem como objetivo ajudar a melhorar as práticas de intervenção neste campo.

Embora se saiba que não existem planos de intervenção padronizados e que cada um de nós deverá adequar a sua intervenção ao indivíduo ou grupo de idosos, respeitando sempre a sua individualidade, historicidade e participação, este poderá ser mais um contributo.

A missão de todos, enquanto técnicos, familiares ou cuidadores, é permitir aos idosos o acesso a iguais direitos e deveres e que sejam felizes, vivendo mais uma fase da sua vida com satisfação e qualidade.

A apresentação da obra fica a cargo de Paula Lopes. A entrada é livre.

Educadora Comunitária e Psicóloga Clínica de formação, Cláudia Luísa é doutora – com menção internacional – em Saúde e Qualidade de Vida, especializada na área do envelhecimento. É licenciada em Educação e Intervenção Comunitária, atual Licenciatura em Educação Social, pela Universidade do Algarve, e também Psicologia Clínica, pelo INUAF. É docente da Universidade do Algarve desde 2005, pertencendo ao Departamento de Ciências Sociais e da Educação, área científica de Educação Social, da Escola Superior de Educação e Comunicação, onde se encontra ligada à formação inicial de educadores sociais, lecionando disciplinas de Educação Social, Saúde Comunitária, Seminário de Supervisão, entre outras. Também leciona nos mestrados de Educação Especial – Domínios Cognitivo e Motor e no mestrado em Pré-Escolar. Acompanha estágios de diversos alunos em Educação Social e também diversas teses de dissertação de mestrado, nos cursos de Gerontologia Social, Educação Social, de Educação Especial – Domínios Cognitivo e Motor de Pré-Escolar. É subdiretora do mestrado em Educação Especial – Domínios Cognitivo e Motor.

A sua área de investigação tem sido ligada ao envelhecimento, bem como a temáticas afins, onde o idoso se encontra sempre como objeto. Outra área de interesse e com alguma investigação realizada é a área das Necessidades Educativas Especiais.

 

Comentários

comentários