Novo hotel na baixa de Faro com abertura projetada para o verão de 2019

O novo hotel de 4 estrelas previsto para a baixa de Faro, que já está a ser construído no espaço previamente ocupado pelo centro comercial Atrium Faro, deverá abrir no verão de 2019, segundo a projeção do Interjumbria, o grupo hoteleiro promotor do investimento.

O anúncio foi efetuado sexta-feira por Rui Correia, responsável pela obra, durante uma visita técnica ao local, impulsionada pela Câmara Municipal de Faro, que mostrou aos jornalistas vários projetos em curso no concelho, sob o mote «Faro Positivo».

Pub

A nova unidade hoteleira, propriedade da empresa Epic World, que integra o grupo Interjumbria, terá quatro pisos, 104 quartos, um auditório para cerca de 300 pessoas, ginásio, piscina coberta e um espaço de restauração.

O hotel terá a entrada principal pela rua Vasco da Gama, mas contemplará uma ligação pedonal à rua de Santo António, libertando uma passagem direta ao beco de Santo António, onde ainda há moradores.

As obras já arrancaram e, numa primeira fase, passaram pela demolição de uma casa térrea na zona envolvente, que manterá a fachada e dará lugar ao auditório. Neste momento, já avançou a demolição parcial do edifício que era ocupado pelo centro comercial.

O centro comercial Atrium, que substituiu o antigo Cinema Santo António, abriu as suas portas em 2007 e incluía três salas de cinema, mas, face à falência do projeto e do seu promotor, acabaria por fechar três anos depois e, nos últimos tempos. O edifício degradou-se e, nos últimos anos, era alvo de vandalismo.

Pub

O grupo Interjumbria, detido por uma família algarvia, já detém outras unidades hoteleiras na região, nomeadamente no concelho de Albufeira. O responsável pela obra não especificou o valor deste investimento na capital algarvia.

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, salientou a importância do projeto para a baixa farense, que é também “sinal do novo dinamismo” do concelho na área turística.

“Todos conhecem a história do espaço, que esteve abandonado, criando-nos ali problemas gravíssimos, até de criminalidade, e agora será uma alavanca forte à economia da baixa, chamando mais turistas e pessoas”, sublinhou.

O município de Faro conta atualmente com cerca de 4000 camas e o autarca reconhece que existem muitos mais projetos previstos para a área hoteleira. “Temos um grande potencial e temos vindo a ser abordados. Nos próximos anos, vamos ter mais unidades hoteleiras”, sustentou.

Rogério Bacalhau foi reeleito em 2017 para um mandato de quatro anos e já tem uma meta na cabeça para este setor no final desse período. “A minha aspiração é que, daqui a quatro anos, pudéssemos ter o dobro das camas”, frisou.

Pub
Pub
Mais em Economia
Inflação atinge recorde de 8,1% na UE

Taxa de inflação homóloga da zona euro manteve-se estável nos 7,4% em abril, face a março, segundo informa o Eurostat.

Lagos recebeu empresários brasileiros com vista a futuras parcerias

A cidade de Lagos foi um dos pontos de passagem da delegação da missão ACIB…

Associação Empresarial de Sines e Porto de Luanda assinam protocolo

A Associação Empresarial de Sines (AES) e o Porto de Luanda assinaram um Protocolo de…

AHETA
AHETA e Aviludo firmaram parceria estratégica

A AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve e a Aviludo firmaram uma parceria estratégica que visa reforçar a