Jornal diariOnline Região Sul

Escolas algarvias recolheram 6,5 toneladas de resíduos eletrónicos

As escolas algarvias recolheram mais de 6500 kg de resíduos elétricos e eletrónicos durante a primeira fase da 10.ª edição da «Geração Depositrão», que comemora a primeira década em funcionamento consecutivo no terreno.

Em termos nacionais, só no primeiro período do ano letivo já foram recolhidas mais de 136 toneladas, nos 900 pontos de recolha colocados pela ERP Portugal para o encaminhamento de equipamentos elétricos e pilhas em fim de vida.

No Algarve, a EB1 de Cabanas de Tavira e a Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, respetivamente nos concelhos de Tavira e Faro, foram os estabelecimentos com melhores números, anunciou a organização.

“As escolas da nossa «Geração Depositrão» continuam com a carga no máximo no que à recolha (e reciclagem) diz respeito. É com enorme orgulho que verificamos e sentimos o empenho das escolas e entidades que têm participado neste desafio”, sublinhou Filipa Moita, responsável de comunicação.

“Este ano é marcado por novos desafios e metas e a importância do correto encaminhamento de pilhas usadas estará na ordem do dia com a chegada da personagem «Carga Máxima» às escolas da campanha”, acrescentou.

A campanha da ERP Portugal, entidade integrada na plataforma European Recycling Platform, continuará a funcionar até ao final do ano letivo.

Atualmente, as escolas participantes correspondem ao envolvimento de mais de 420 mil alunos e cerca 45 mil professores de todos os níveis de ensino, com maior incidência nas escolas do 1.º ciclo do ensino básico.

Em breve, a campanha ditará mais escolas vencedoras a nível nacional e regional, de acordo com o peso de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos e de resíduos de pilhas e acumuladores recolhidos e encaminhados para reciclagem.

Esta campanha da ERP Portugal é implementada em parceria com a ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa), através do Programa Eco-Escolas.



Comentários

comentários