Jornal diariOnline Região Sul

André Jordan homenageado com emoção no Vilamoura Atlantic Tour

"Há pouca coordenação entre as empresas e o Governo, é preciso muito mais" - André Jordan

André Jordan, individualidade que dispensa apresentações em termos empresariais no Algarve, em especial pelas fortíssimas ligações à Quinta do Lago e a Vilamoura, foi hoje homenageado pelo mentor do Vilamoura Atlantic Tour, António Moura, o qual afirma "foi André Jordan que me incentivou e me deu a mão para organizar e promover aquele que é agora o maior evento equestre da Europa."

Em declarações exclusivas ao Jornal diáriOnline Região Sul André Jordan disse que esta homenagem representa muita coisa.

André Jordan

"Representa em primeiro lugar a vitória de uma ideia, que era apenas uma ideia quando foi criada, mas a ideia foi tão boa e tão bem executada pelo António Moura, com o apoio do Fernando Caetano e outras pessoas da nossa equipa, que hoje é o maior evento da Europa na sua categoria no hipismo.

Estão aqui 1.250 cavalos, não sonhávamos que isto tomasse esta proporção.

Também representa para mim encontrar aqui amigos e companheiros de muitos anos, seja do mundo empresarial seja da vida pública aqui no Algarve, que eu sempre tive ocasião de participar e apoiar aquelas coisas que eram importantes para o futuro desta região." frisou André Jordan.

Para quem a memória é curta, recorde-se que André Jordan chegou ao Algarve nos anos 70. Empreendedor e visionário, apostou forte.

"A aposta no Algarve é uma história que vem de longe. O meu pai andou em Portugal, gostou do Algarve, eu vim aqui e percebi que aqui havia a possibilidade de criar empreendimentos para o mercado europeu e internacional. Começamos com a Quinta do Lago e seguimos aqui em Vilamoura, é uma história realmente interessante".

Com os seus 84 anos, André Jordan confidenciou-nos ser um homem mais realizado do que esperava.

"Quando eu comecei o meu caminho, como qualquer um, tive altos e baixos, mas nunca imaginei que tudo isso que anda por aí eu tive ocasião de realizar, sempre com pelo melhor".

Questionado se o Algarve ainda tem mais para dar, André Jordan foi peremptório e dizer que sim.

"Sim ! Isto vai crescendo, vai desenvolvendo, vai melhorando. Quando eu penso em 70, quando eu vim para cá, o que era o Algarve e o que é hoje, parece mentira."

O turismo em Portugal está em alta e o Algarve dá um contributo importantíssimo para o turismo no país, porém, a região mais a sul nem sempre é retribuída pelo país, é necessário mais coordenação entre as empresas e o Governo.

"Eu acho que sim. Eu acho que há áreas que o Governo podia ajudar mais e melhor, ter uma melhor coordenação. Também acho que podia haver uma maior coordenação entre as empresas e os empresários, isto aplica-se em todo o país. Há pouca coordenação entre as empresas e o Governo, é preciso muito mais", disse convicto André Jordan.

Na homenagem marcaram presença cerca de meia centena de individualidades do mundo empresarial e político, caso do presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vitor Aleixo, entre outros elementos do executivo municipal, bem como com ligações ao turismo, caso do presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, entre outras.

António Moura

Após o almoço e sobre o acto propriamente dito, António Moura confessou estar emocionado.

"São muitos anos, começamos isto em 1998. Foi um projecto que começou por ser um sonho, foi iniciado e hoje é uma realidade, boa para todos nós, boa para o Algarve e em especial para Vilamoura. Temos que nos emocionar."

No uso da palavra, André Jordan disse que o projecto tem todas as condições para continuar a crescer e António Moura não descura o crescimento.

"É verdade. Ele sabe que sim. O projecto foi lançado, hoje já estamos nos maiores da Europa e com certeza que nós temos todas as condições de continuar a crescer e a ser cada vez melhores", disse António Moura, confiante.

Refira-se por último que, o Vilamoura Atlantic Tour está a decorrer desde o passado dia 13 de fevereiro e vai terminar dia 1 de abril.



Comentários

comentários