Jornal diariOnline Região Sul

Emissão de matriculas prejudicou mercado automóvel em Fevereiro

Renault CLIO R.S. 18

De acordo com a ACAP - Associação Automóvel de Portugal, pelo segundo mês consecutivo o apuramento estatístico do mercado não reflecte a actividade dos operadores que se viram impedidos de matricular todos os veículos que pretendiam devido a um problema informático na Autoridade Tributária e Aduaneira.

Um problema com origem no sistema informático da Autoridade Tributária e Aduaneira, impediu a normal emissão de matrículas no mês de Fevereiro, existindo casos em que os operadores representantes legais de marcas de automóveis liquidaram o Imposto Sobre Veículos não tendo, no entanto, sido atribuídas as respectivas matrículas.

Em contrapartida, no apuramento de Fevereiro incluem-se matrículas que não foram atribuídas em Janeiro devido à ocorrência mesmo problema há um mês atrás, pelo que os resultados estatísticos terão de ser analisados neste contexto.

Assim, no mês de Fevereiro de 2018 foram matriculados em Portugal 23.911 veículos automóveis, tendo sido observado um crescimento homólogo de 10,1% por cento, superior à variação acumulada nos dois primeiros meses do ano (4,1%). No acumulado dos meses de Janeiro e Fevereiro de 2018, o mercado de veículos automóveis novos registou 41.413 novas matrículas, o que representou um crescimento homólogo de 4,1 por cento.

Por categorias e tipos de veículos verificou-se que no mês de Fevereiro de 2018, foram matriculados no nosso país 20.773 automóveis ligeiros de passageiros, ou seja, mais 10,1 por cento do que no mês homólogo do ano anterior. Nos dois primeiros meses de 2018 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 35.278 unidades, o que se traduziu numa variação positiva de 4,1 por cento relativamente a período homólogo de 2017.

Quando aos Veículos Ligeiros de Mercadorias, no segundo mês do ano foram colocados em circulação em Portugal 2.837 novos veículos ligeiros de mercadorias, o que representou um acréscimo de 12,4 por cento. No período de Janeiro a Fevereiro de 2018 o mercado ascendeu a 5.255 veículos, o que representou um aumento de 3,1 por cento face ao período homólogo do ano anterior.

No que concerne ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em Fevereiro de 2018 verificou-se uma queda de 9,1 por cento em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 301 veículos desta categoria. Nos dois primeiros meses de 2018 as matrículas totalizaram 880 unidades, o que representou um acréscimo do mercado de 12,7 por cento relativamente ao período homólogo de 2017.



Comentários

comentários