Jornal diariOnline Região Sul

MED volta a ser o melhor festival da península

Melhor Festival de Média Dimensão e Melhor Promoção Turística são as duas categorias conquistadas pelo Festival MED na 3ª edição dos Iberian Festival Awards. A gala de atribuição destes prémios decorreu esta quinta-feira, 15 de março, no Fórum Lisboa, e o evento que decorre em Loulé afirmou-se como um dos mais prestigiados festivais ibéricos.

Melhor Festival de Média Dimensão da Península Ibérica

Pelo segundo ano consecutivo, o MED sagrou-se como o Melhor Festival de Média Dimensão da Península Ibérica, levando a melhor, no contexto ibérico, sobre o vencedor espanhol - Tsnunami Xixon. Ao longo dos anos, o MED tem-se distinguido por ser um festival fora do mainstream mas que tem conseguido alcançar um importante número de seguidores, proporcionando aos espetadores uma experiência única e intimista, tanto pelo próprio recinto e pela sua programação.

Melhor Festival de Média Dimensão da Península Ibérica

Pela primeira vez, o evento algarvio conquistou também a categoria de Promoção Turística, como vencedor português, enquanto que o Bilbao BBK Live foi o melhor festival ibérico. Enquadrado na programação cultural de uma região virada para o turismo, este evento tem contribuído fortemente para atrair mais turistas ao Algarve e ao País e para dinamizar a economia local, tendo sido integrado pelo Turismo de Portugal na plataforma Portuguese Music Festivals, restrita a cerca de uma dezena de festivais. Com elevados índices de notoriedade para a região, enquadra-se no nicho de mercado de turismo cultural. Mais de 30% dos visitantes são estrangeiros, oriundos de diversos pontos da Europa. O impacto na economia local reflete-se num aumento considerável nas taxas de ocupação da hotelaria e restauração.

Recorde-se que os Iberian Festival Awards, promovidos pela APORFEST – Associação Portuguesa de Festivais de Música, são o único reconhecimento ibérico dedicado aos festivais, sendo uma referência importante na evolução do setor. Este evento dedica-se a promover, valorizar e celebrar todos os profissionais, parceiros e artistas responsáveis pelo seu desenvolvimento, crescimento e melhoria.

Nesta edição, para além das categorias em que venceu, o Festival MED era também finalista nas categorias Contributo para a Sustentabilidade, Melhor Atuação (Portugal/Espanha) para Ana Moura e Melhor Festival Lusófono e Hispânico.

Durante a entrega dos prémios, o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, considerou tratar-se de duas distinções inteiramente justas e que premeiam o trabalho da organização. “Em Loulé, fazemos um festival muito concorrido e muito apreciado por quem nos visita. A cada ano, tentamos superarmo-nos, fazendo cada vez melhor”, sublinhou ainda o autarca.



Comentários

comentários