Jornal diariOnline Região Sul

Demonstração «Cozinhas Mediterrânicas… Do pão e cereais» decorre em Tavira

A demonstração «Cozinhas Mediterrânicas… Do pão e cereais» vai realizar-se no dia 7 de abril, na Mealha, na freguesia de Cachopo, em Tavira, no âmbito do programa de salvaguarda da «Dieta Mediterrânica Todo o Ano» e do Dia Nacional dos Moinhos.

A ação terá a orientação de Margarida Vargues (cozinheira profissional e bióloga), realizando-se em paralelo um passeio sobre produção de cereais e usos do solo no monte, guiado por Ana Arsénio (técnica superior na Associação In Loco e da Associação Colher para Semear).

A inscrição, obrigatória e limitada (adultos pagam 12 euros, crianças até aos 12 anos 5 euros e para crianças até aos 6 anos é gratuita), deverá ser efetuada até dia 5 de abril. Mais informações através do número 281320500 ou do endereço eletrónico edu.museus@cm-tavira.pt.

A iniciativa conta com o apoio da Associação In Loco (Centros de Descoberta da Serra do Caldeirão), Associação de Caçadores da Mealha «Os Migrantes» e junta de freguesia de Cachopo.

Os cereais integram a trilogia da cultura alimentar mediterrânica: pão, azeite e vinho. No final do século XIX, escreveu Teófilo Braga, a propósito da alimentação praticada: “Em Tavira e freguesias vizinhas: marisco, peixe, papas de milho com marisco ou azeite, e raras vezes comem pão”.

O valor central do “pão” reflete-se, também, nas estruturas de transformação e profissões associadas, moinhos e moleiros, não esquecendo os fornos, que, na serra, frequentemente, são comunitários, “de todos no monte”.

«Dieta Mediterrânica Todo o Ano» é um programa de atividades de salvaguarda da dieta mediterrânica, que tem como objetivo divulgar as múltiplas dimensões do estilo de vida e da paisagem cultural mediterrânica.

Pretende-se, na perspetiva da sustentabilidade (social, ambiental e económica), dar a conhecer as paisagens produtivas, os alimentos, os saberes-fazeres e as ameaças à sua continuidade, assim como explorar, experimentar e saborear.

O programa integra passeios de interpretação do território, demonstrações culinárias, mostras fílmicas, oficinas de arte e artesanato, entre outras atividades. As ações são promovidas pelo Museu Municipal de Tavira e contam com a colaboração dos habitantes locais e parcerias com outras instituições, abrangendo o saber empírico e o científico.



Comentários

comentários