Jornal diariOnline Região Sul

Dormidas de turistas portugueses no Algarve aumentaram 14,6% em fevereiro

As dormidas de turistas portugueses nos estabelecimentos hoteleiros e similares do Algarve cresceram 14,6 por cento no mês de fevereiro, comparativamente ao período homólogo de 2017, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

De acordo com os dados do segundo mês do ano, registaram-se cerca de 700 mil dormidas nas unidades hoteleiras algarvias, correspondendo a uma variação anual de 2,3 por cento. O número de hóspedes manteve-se estável nos 155 mil clientes

Ao aumento acentuado das dormidas dos turistas portugueses nos hotéis do destino junta-se igualmente a subida dos proveitos totais, que voltaram a acelerar em fevereiro: o crescimento foi de 7,4% em relação ao mesmo mês do ano anterior, atingindo 25,6 milhões de euros (+5,7%).

Ao contrário da média nacional, a estada média no Algarve também aumentou 2,6 por cento, para 4,52 noites, e no mês em referência foi a segunda mais elevada do país.

Ainda no indicador das dormidas, o INE indicou que o Algarve captou 23,7% das dormidas totais do país.

Na região algarvia, o destaque vai para os mercados da Alemanha (+7,6%), França (+27,4%) e Irlanda (+13,9%). Em sentido contrário, estão Reino Unido (-3,3%), Espanha (-13,1%) e Holanda (-11,8%).

Nos dois primeiros meses de 2018, o Algarve acumula cerca de 266 mil hóspedes (-0,4%) na hotelaria classificada, 1,18 milhões de dormidas (+1,5%) e 43,1 milhões de euros de proveitos totais (+6,7%).



Comentários

comentários