Jornal diariOnline Região Sul

FRAPAL quer “maior proximidade” com agentes da educação no Algarve

dav

A Federação Regional de Associações de Pais do Algarve (FRAPAL) elegeu, no passado dia 16 de abril, novos órgãos sociais, que apostam numa “maior proximidade” com os agentes do setor da educação na região.

Os novos corpos sociais da instituição “pretendem inovar na forma como esta federação se tem posicionado no quadro educativo da região algarvia”, visando “uma mudança de direção” que permita “colaborar ativamente” com os diversos intervenientes no sector.

Um exemplo desse propósito foi a sua apresentação oficial à delegação regional de Educação do Algarve, na Escola Secundária de Albufeira, no dia 26 de abril.

Num ambiente de compromisso, o presidente do conselho executivo da FRAPAL, Nuno Sousa, destacou a importância destes encontros e agradeceu ao delegado Francisco Marques a receptividade ao convite.

O delegado regional de Educação retribuiu, colocando a sua equipa ao dispor da FRAPAL e reforçando a importância de “comunicar através de canais diretos e ágeis”.

O dirigente máximo da FRAPAL anunciou ainda a constituição de grupos de trabalho para intervir em áreas temáticas prioritárias. “Voz de uma equipa com uma nova atitude, mais dinâmica e envolvente, materializando a força de transformar através da responsabilização educacional e de melhor informação junto dos seus associados e parceiros”, frisou.

A FRAPAL representa, neste momento, mais de 75 associações de pais e encarregados de educação do Algarve.

“Esta foi a primeira de diversas actividades que vão afirmar a FRAPAL como um movimento associativo forte na região e no país”, concluiu Nuno Sousa.

No seguimento da imagem renovada, a federação lançará em breve o sítio https://frapalpt.wordpress.com.



Comentários

comentários