Jornal diariOnline Região Sul

Shaun Torrente e Pedro Fortuna venceram F1 e F4-S em Portimão – c/ áudio

O pódio F1

Shaun Torrente do Team Abu Dhabi, após garantir a pole position para a prova que se realizou este domingo ao final da tarde, venceu o Grande Prémio de Portugal / Algarve F1 Motonáutica perante uma enorme moldura humana que esteve nas margens do Rio Arade.

Torrente dominou de fio a pavio a prova, tendo sempre atrás de si o companheiro de equipa Thani Al Qemzi que completou a dobradinha para equipa, sendo ambos perseguidos por Philippe Chiappe, que nunca esteve em posição de os incomodar,  que completou o pódio.

Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão, disse em exclusivo ao Jornal diáriOnline Região Sul que tudo decorreu como previsto e o público respondeu à chamada, e nem a forte chuvada, acompanhada de algum vento e trovoada, que se fez sentir antes da prova, fez arredar pé a multidão que se encontrava a ver a prova, o que a deixou muito satisfeita.

Ao final da primeira volta, uma colisão entre Marit Stromoy e Jonas Andersson, obrigou a bandeira a amarela, pelo que Torrente, quando a bandeira verde foi mostrada, à 5ª volta, tomou novamente o controlo da corrida e dominou durante as 48 voltas até à bandeirada de xadrez terminando com 2,09s de vantagem sobre o companheiro de equipa.

Shaun Torrente (6) - Team Abu Dhabi (Foto: Simon Palfrader©)

"É um final de semana perfeito. Eu tenho esperado por isto há um bom tempo. Estávamos preparados para isto. Sabíamos qual o motor que estaríamos a usar e sabíamos quais as hélices que iríamos utilizar, tudo se encaixou na perfeição”, disse Shaun Torrente no final.

O tricampeão Philippe Chiappe, que venceu o ano passado em Portimão, lutou com o quatro vezes campeão, Alex Carella, tendo Chiappe passando pelo piloto da Victory, que teve problemas na 34ª volta, mas conseguiu administrar os problemas e manteve o quarto lugar, apesar da pressão crescente nas últimas voltas do companheiro de equipa, Peter Morin, que fechou o top-five ficando na frente de Ahmed Al Hameli, que foi o sexto classificado.

Duarte Benavente, da F1 Atlantic, único piloto luso a competir na categoria rainha da motonáutica, não conseguiu melhorar do 7ª posto em que partiu para a prova, ficando na frente de Francesco Cantando, de Erik Edin e de Erik Stark que fechou o top-ten.

Pedro Fortuna venceu a F4-S e cantou-se o Hino Nacional

Mário Gonzaga Ribeiro, Presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica entregou o troféu a Pedro Fortuna

Pedro Fortuna, que participou a convite do Team Sweden, como confidenciou em exclusivo ao Jornal diáriOnline Região Sul, "é maravilhoso" venceu a primeira manga e foi segundo na segunda, tendo garantido assim a vitória em Portimão, ficando na frente de Tom Chiappe, da Emirates Racing, os quais foram acompanhados ao pódio por Mohamed Al Mehairbi, de Abu Dhabi.

Para o ano há mais F1 em Portimão, "esta aposta está ganha...", e segundo Isilda Gomes, declarações que pode ouvir aqui de viva voz, está a ser estudado um grande evento, com duração de uma semana, onde estará incluído o Grande Prémio de Portugal / Algarve F1 Motonáutica, entre outras actividades ligadas ao mar, podendo ser mesmo um Festival de Desportos Náuticos.

O mar de gente a assistir à cerimónia de consagração

Saliente-se que, a cerimónia de consagração dos vencedores, à qual assistiram muitas centenas de pessoas em plena Zona Ribeirinha de Portimão,  contou com a presença entre outras individualidades, cujo destaque vai para de José Apolinário, Secretário de Estado das Pescas.



Comentários

comentários