Jornal diariOnline Região Sul

Farense festeja regresso à II Liga

O Farense assegurou hoje o regresso à II Liga de futebol, dois anos depois, selando o objetivo da época depois de empatar com o Vilafranquense (1-1), na segunda mão das meias finais do Campeonato de Portugal.

No Campo do Cevadeiro, em Vila Franca de Xira, a equipa algarvia, apoiada por mais de 300 adeptos, controlou a vantagem obtida na primeira mão, no Estádio de São Luís (3-0).

Na primeira parte, o Vilafranquense só ameaçou, com duas ocasiões claras de perigo, após os 35 minutos.

Antes, à passagem da meia hora, o brasileiro Jorginho teve nos pés a melhor oportunidade do Farense no primeiro tempo, mas Carlos Fernandes opôs-se com uma excelente defesa.

Na segunda parte, o jogo ganhou mais dinâmica, com o Farense a desperdiçar uma boa oportunidade logo aos 47, por André Vieira, antes de o Vilafranquense obrigar Miguel Carvalho a duas boas defesas.

O golo que confirmou a subida para o conjunto de Rui Duarte chegou aos 69 minutos, por Nuno Borges, que surgiu isolado pela esquerda e rematou sem hipóteses para Carlos Fernandes, ficando a dúvida se André Vieira tocou a bola ainda antes da linha de golo.

O Vilafranquense precisava então de cinco golos para seguir em frente, acabando por chegar à igualdade, aos 79 minutos, por David Moura, de grande penalidade.

Além de ter garantido a subida, o Farense vai disputar a final do Campeonato de Portugal no Estádio Nacional, no dia 10 de junho, frente ao Mafra, que eliminou o União de Leiria.

Após o final do jogo, os adeptos invadiram o campo para celebrar a subida com os jogadores, mas a PSP acabou por responder com uma intervenção sobre algumas pessoas.



Comentários

comentários