Campanha da ARS/Algarve pretende reduzir sal na alimentação

Reduzir o consumo de sal à mesa é o objetivo da nova campanha da Administração Regional de Saúde (ARS) Algarve, denominada «Sabor sem saleiro à mesa».

“São quase 36% dos algarvios que adicionam sal no prato”, justifica a ARS/Algarve, em comunicado, para explicar a campanha que a instituição, através do Departamento de Saúde Pública e Planeamento, vai promover para sensibilizar a população para a redução de sal na alimentação.

Pub

De acordo com os dados do Inquérito Nacional de Saúde com exame Físico (INSEF), 17,7% dos portugueses inquiridos referiram adicionar sal no prato da sua comida pela utilização do saleiro.

Porém, o estudo revela que o padrão de consumo adicional de sal é diferente entre sexos, grupos etários, situação laboral e nas diversas regiões do país.

O consumo adicional de sal e mais prevalente entre homens, no grupo etário dos 25 aos 34 anos, em pessoas empregadas e na região do Algarve. Mesmo com o diagnóstico de hipertensão arterial, 13,7% dos inquiridos adicionam sal na comida. Entre as várias regiões, o costume demonstra grandes assimetrias, variando entre 9,2% no Norte e 35,8% no Algarve.

Face a esta “elevada percentagem”, a ARS/Algarve, através do Núcleo Regional do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, implementa agora a campanha «Sabor sem saleiro à mesa».

Pub

Esta campanha de saúde pública, dinamizada pelos nutricionistas da ARS, visa informar a população sobre a importância de diminuir o uso do saleiro na mesa, incentivar as pessoas a reduzir o consumo de sal, utilizando mais alimentos aromáticos, adquirir hábitos alimentares mais saudáveis, minorar o risco de doença cardiovascular e melhorar o estado de saúde.



Pub
Mais em Saúde
Covid-19
Covid-19: Algarve regista mais de 9.900 casos ativos e 49 internamentos

Os números de novos casos diários de coronavírus SARS-CoV-2, casos ativos e internamentos associados à Covid-19 no Algarve continuaram

Covid-19: Semana com mais mortos, mais internados e mais novos casos

Nos últimos sete dias de avaliação da evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, foram registados mais 157.502 novos casos, segundo o

INEM alerta para o esgotamento pelo calor

O esgotamento pelo calor ocorre em consequência da exposição a períodos de calor intenso, durante vários dias consecutivos, quando um

Alvor é palco de “Caminhada Pelo Coração”

De forma a assinalar o mês de maio sob o mote “o mês do coração”, será promovida uma caminhada  em Alvor, uma das freguesias da cidade.